Breaking News

2014 será o ano do equilíbrio, determinação prosperidade e sensualidade, dizem os búzios

O ano será regido por Xangô, orixá da justiça, do vermelho e branco, que guarda as leis e que tem o poder de decidir sobre o bem e o mal

Carmen Vasconcelos (carmen.vasconcelos@redebahia.com.br)

01/01/2014 09:47:00

 

Retidão, equilíbrio, determinação, prosperidade, sensualidade e violência. Segundo o jogo dos búzios, os Oduns, 2014 será um ano regido por Xangô, orixá da justiça, do vermelho e branco, aquele que guarda o Livro Sagrado, onde estão as leis e que lhe concede o poder de decidir sem contestação sobre o bem e o mal. É ele que controla as forças naturais por meio dos astros. Mas ele não virá só. Ao seu lado, reinam também as iabás, suas esposas: Oxum, Obá e Iansã. A primeira, orixá das águas doces, deusa do amor e da magia. As duas últimas são orixás guerreiras, belas e bravas.

Para Mãe Carmem de Oxalá, iyalorixá de uma das casas mais conhecidas do Brasil, o Terreiro do Gantois, esse será um ano de prosperidade e de alcançar o que não se conseguiu, mas que se lutou. “Na vida política será um momento de muitas decisões, de grandes reformas e acertos de contas”, afirma a filha mais nova de Mãe Menininha.

RTEmagicC_xango1.jpg

Com um jogo parecido, Pai Duchu D’Ogum, do Ilê Axé Awá Nejy, na Federação, diz que quem quiser viver bem em 2014 terá que andar na linha, cumprindo bem os deveres e as obrigações. “O dono do livro cobrará dos políticos as promessas feitas”, completa o babalorixá.

Pelas qualidades dos regentes, Mãe Carmem afirma que esse será um ano quente e de muitos amores, com o fim de uniões e de desuniões. “Os ânimos estarão mais aflorados e os homens vão desejar um domínio maior sobre as mulheres”, diz. Ela lembra que no ano onde as iyabás estarão presentes haverá uma tendência à libertação de velhos hábitos e alguns preconceitos, com separações motivadas por traições e troca de parceiros. “As pessoas estrarão mais propensas a lutar pela felicidade com mais independência”, completa.

Com uma discordância das forças femininas que acompanharão o orixá da justiça, Pai Duchu acredita que ao invés de Oxum e Iansã, Xangô será acompanhado pela guerreira e primeira esposa Obá e pela virgem caçadora Ewá, também objeto da paixão do orixá. Entre elas, em comum, estão o espírito aguerrido, a beleza, o amor e a fúria. Segundo Mãe Carmem, todo esse calor vital também provocará mais violência e 2014 promete ser um ano pior nesse sentido.

 

RTEmagicC_xango2.jpgPara atrair as graças de Xangô, Pai Duchu sugere que as pessoas façam um banho preparado com folhas (manjericão, água de alevante, macassá, patchouli, palma de santa rita, folha da fortuna) maceradas com as mãos e misturadas com água, água de flor, sal de chama e 12 punhados de açúcar. “É necessário deixar essa mistura descansar e a pessoa pode se banhar depois do sol nascer e antes do alvorecer, tomando o cuidado de evitar os horários de 6h e 12h”, explica o babalorixá. Ele ensina que antes do banho, vale acender uma vela e fazer uma oração.

Outra forma de atrair a prosperidade, é ofertar frutas e flores como o girassol. “Como Xangô é filho de Iemanjá, é sempre bom agradar a mãe para alcançar as graças do filho”, finaliza Pai Duchu.

 

Extraído do site: Jornal Correio da Bahia

http://www.correio24horas.com.br/detalhe/noticia/2014-sera-o-ano-do-equilibrio-determinacao-prosperidade-e-sensualidade-dizem-os-buzios/?cHash=06effcd7126a7e0989dc68e715632329

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *