Breaking News

“A maior religião do Brasil é o bem”, diz Arlindo Cruz

Respeito

Embaixador da campanha “Filhos do Brasil”, contra a intolerância religiosa, o músico afirma que o respeito às religiões consiste em aceitar o próximo

por Portal BrasilPublicado: 10/05/2016 16h39Última modificação: 10/05/2016 17h09

 

Itens relacionados

Para líderes religiosos, crimes de intolerância estão associados à discriminação racial

Líderes de candomblé usam fé para superar ataques e defendem tolerância

Denúncias de intolerância religiosa no Disque 100 crescem 3.706% em cinco anos

8ca103d0-b738-4e05-974e-de08c257b75dO cantor e compositor Arlindo Cruz foi escolhido para ser o embaixador da campanha contra intolerância religiosa “Filhos do Brasil”. Para o músico, a maior religião de todo o Brasil é o bem.

“Você pode ser do candomblé, da umbanda, crente, católico, messiânico, mas, acima de tudo, você tem de fazer o bem, e isso consiste em aceitar o próximo”, disse o músico durante evento de lançamento da campanha, nesta terça-feira (10), em Brasília.

A ação, realizada pela Fundação Cultural Palmares e pelo o Ministério da Cultura, tem o objetivo de valorizar a diversidade religiosa, o respeito ao próximo e o convívio com as diferenças. Para o ministro da Cultura, Juca Ferreira, a conscientização pelo respeito se faz necessária diante do que chamou de “radicalização da intolerância religiosa”.

“Filhos do Brasil é justamente para estimular a cultura da tolerância, do respeito mútuo. Os atos de violência têm aumentado, e essa campanha é essencial para construir uma cultura de paz e tolerância”, avaliou.

Segundo a presidenta da Fundação Palmares, Cida Abreu, a necessidade de abordar o tema surge de debates internos e, principalmente, da avaliação de casos de intolerância religiosa que chegam à Fundação.

“Nós somos responsáveis pela defesa do patrimônio cultural ancestral, que é todo o legado trazido das ancestralidades africanas e que se materializa em cultura. Por isso a campanha, para mostrar caminhos dos nossos direitos e pela laicidade do Estado”, finalizou.

Fonte: Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative CommonsCC BY ND 3.0 Brasil

 

 

Extraído do portal de notícias da EBC Brasil / Brasília – DF
http://www.brasil.gov.br/cultura/2016/05/a-maior-religiao-do-brasil-e-o-bem-diz-arlindo-cruz

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *