Breaking News

A mensagem de Emicida contra a intolerância na virada cultural.

Postado por: PragmatismoPolitico.com.br em Política 24 de junho de 2015 – 08:24:02

emicida-virada-culturalEm protesto contra a intolerância religiosa, Emicida veste branco e recorda caso de menina candomblé apedrejada na cabeça. Rapper também abordou em seu discurso a violência contra a mulher, a violência policial, o racismo, a redução da maioridade penal e a greve dos professores em São Paulo

Emicida vestiu branco na Virada Cultural e pediu “tolerância religiosa” (Imagem: Flávio Moraes/Ag. Globo)

O rapper Emicida e o sambista Martinho da Vila transformaram o palco Julio Prestes numa grande roda de samba na tarde do último domingo, 21, na Virada Cultural. Juntos, eles homenagearam o cantor e compositor Jair Rodrigues, que morreu em maio do ano passado, com uma versão emocionante de “Deixa Isso para lá”. Clássicos do samba não faltaram. “Casa de Bamba”, “Mulheres” e “Madalena do Jucu” colocaram o grande público para sambar.

Emicida fez ainda um discurso incisivo. O rapper usou branco e passou uma série de mensagens importantes. Ao lado do grupo religioso As Águas de São Paulo, ele pediu o fim da intolerância que vem assolando o País.

 

SAIBA MAIS: Intolerância religiosa: menina iniciada no Candomblé é apedrejada na cabeça

“Não viemos de branco à toa. Viemos de branco porque uma menina tomou uma pedrada ao sair de um culto de candomblé (no Rio). Nós viemos de branco porque tem gente que, para falar de jovem, fala mais de cadeia do que de escola”, afirmou.

Emicida disse também ser contra a maioridade penal e ainda afirmou que o Brasil, há tempos, não discute educação. O paulistano ainda falou sobre estupro: “Quer dizer então que a mulher é estuprada e a culpa é dela?”, cravou.

Assista a íntegra:

Sem citar o presidente da Câmara Federal, Emicida esculacha todo o atraso representado por Eduardo Cunha.(por Pedro Alexandre Sanches, do Farofafá)

Posted by Jornalistas Livres on Domingo, 21 de junho de 2015

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Fonte: Pragmatismo Político
Acesse: www.pragmatismopolitico.com.br

 

Extraído do site Boa Informação
http://boainformacao.com.br/2015/06/a-mensagem-de-emicida-contra-a-intolerancia-na-virada-cultural/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *