Breaking News

Acadêmicos da Realeza desfila a vida de ‘Pai Fernando de Ogum’

Escola de samba curitibana homenageia pai-de-santo Fernando Guimarães.
Desfiles serão no sábado (14), na Rua Marechal Deodoro.

Fernando CastroDo G1 PR | 09/02/2015 07h38 – Atualizado em 10/02/2015 13h41

 

3955951_x360

A Acadêmicos da Realeza sai à Marechal Deodoro em 2015 para homenagear o pai-de-santo Fernando Guimarães. A escola de samba campeã em 2012 e 2013 quer voltar a vencer o carnaval de Curitiba com um enredo que traz a história da cidade narrada em meio à biografia do advogado e umbandista, conhecido como Fernando de Ogum, morto há pouco mais de dois anos.

 

Segundo o carnavalesco da escola, Felipe Guerra, a escolha do enredo tem raízes diversas. Desde a história de vida de Guimarães e sua família, intimamente ligadas ao desenvolvimento de Curitiba, até a relação com a religião afro-brasileira. “É muito rica e curiosa a vida do Fernando e da família”, justifica.

Na avenida, os espectadores poderão acompanhar o desenvolvimento da escola em paralelo ao passar dos anos da vida do homenageado. “Começamos com o sonho de carnaval do menino Fernando, quando ele via o carnaval da Rua XV. Passamos a contar então a história desde criança, depois jornaleiro, até chegar ao final da vida, quando ele funda o Terreiro do Pai Maneco”, conta o carnavalesco.

Do terreiro, aliás, não vem apenas parte de enredo, mas também grande parte dos componentes que participarão do desfile. “O Fernando Guimarães faleceu há dois anos, mas já há três a comunidade do terreiro vem frequentando a escola, formando um grupo forte aqui dentro”, explica Guerra. Segundo ele, a aproximação aconteceu quando a agremiação homenageou São Jorge – figura presente no sincretismo religioso característico da umbanda.

Para o desfile de 2015 a Realeza prevê a participação de 500 a 660 componentes. Serão três carros alegóricos e três tripés, que, segundo Guerra, vêm mais bonitos que os de 2014. “Nós refizemos boa parte dos chassis, que estavam em péssimas condições. Ao invés de crescermos, nos preocupamos com um acabamento extremamente bem feito. Quem foi assistir vai perceber isso nos mínimos detalhes”, promete.

bandeira (1)

Extraído do Portal de Notícias G1/Paraná
http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2015/02/academicos-da-realeza-desfila-vida-de-pai-fernando-de-ogum.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *