Breaking News

Acusada de chacina tentou ajuda de um pai de santo para cometer crime

 

Simone Resende, irmã, cunhada e tia das vítimas, e Gabriel Botrel seguem foragidos da Justiça
Foto: Divulgação

 

Enviado direto da Redação26/02/2017 às 08:30h

 

Por Renata Sena

Foragida da Justiça acusada de mandar matar a irmã, o cunhado e a sobrinha, Simone Gonçalves Resende, de 46 anos, tentou ajuda de um pai de santo para cometer o crime com trabalhos de candomblé, uma semana antes do triplo assassinato. A informação foi confirmada pelo pai de santo, que atualmente mora em Saquarema, na Região dos Lagos.

“Ela me mandou uma mensagem perguntando se eu tinha um trabalho que matasse. Eu respondi a ela que ninguém cresce matando ninguém e recomendei um trabalho de purificação”, explicou o pai de santo, que teve o nome preservado.

O religioso lembrou ainda que Simone não é fixa de nenhum centro de candomblé.

“Ele frequenta vários locais”, disse acrescentando que mesmo com o pedido não acreditou que ela tivesse coragem de fazer mal a alguém.

Contudo, Simone é apontada como mandante da morte da irmã, Soraya Gonçalves de Resende, 37, do cunhado Wagner da Silva Salgado, 42, e da única filha do casal, Geovanna Resende Salgado, de apenas 9, no Barro Vermelho, em São Gonçalo, no último dia 17.

Ela também é acusada de ter envolvido os próprios filhos no crime que planejou. O Portal dos Procurados do Disque-Denúncia (2253-1177) divulgou o cartaz oferecendo R$ 2 mil para quem tiver informações que auxiliem a polícia em sua captura.

Os irmãos gêmeos, Lucas e Matheus Resende Khalil, 23, se entregaram à polícia entre a noite de quarta-feira e a tarde de quinta. Matheus chegou a morar na casa dos tios por três anos. Outro filho de Simone, de 15 anos, também chegou a prestar depoimento na DH, mas acabou inocentado.

No final da noite de quinta, enquanto faziam diligências em Saquarema, os agentes da DH localizaram Diego Moreira da Cunha, 23, também acusado de participar do triplo homicídio.

Em depoimento, Diego contou que Simone contratou tanto ele quanto Gabriel Botrel de Araújo Miranda, 19, ainda foragido da Justiça, para matar a família pela quantia de R$ 20 mil, mas que ele só ficaria com R$ 2 mil. A maior parte do dinheiro seria paga a Gabriel porque ele teria tido uma participação maior no crime.

De acordo com as investigações, Gabriel Botrel, filho de um instrutor de tiro e colecionador de armas, seria um exímio atirador. Gabriel teria fornecido a pistola calibre 380 e o revólver calibre 32, além do carro da mãe, um Prisma prata, para serem usados no crime. Inclusive, o rapaz teria usado de seus conhecimentos para improvisar um abafador de ruídos e assim atirar sem fazer barulho.

A Polícia Civil já pediu à Justiça o bloqueio do passaporte de Simone e todos os seus bens ligados ao inventário do pai, que seria a causa para a execução da família.

Qualquer informação que ajude a polícia a localizar Simone e Gabriel pode ser repassada para o Disque-Denúncia, no telefone 2253-1177.

 

 

 

 

Extraído do site do Jornal O São Gonçalo / São Gonçalo – RJ
http://www.osaogoncalo.com.br/policia/22373/acusada-de-chacina-tentou-ajuda-de-um-pai-de-santo-para-cometer-crime

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *