Breaking News

Adressa Urach diz ter feito ‘macumba’ para afastar inimigos

Da Redação | Ter, 17/03/2015 às 13:38 | Atualizado em: 17/03/2015 às 13:38  
Bruno Poletti | Folhapress Ex-miss Bumbum também assumiu um pacto com a 'pombagira'
Bruno Poletti | Folhapress
Ex-miss Bumbum também assumiu um pacto com a 'pombagira'
A modelo e apresentadora Andressa Urach confessou na segunda-feira, 16, já ter feito 'macumba' para conquistar um homem e contra uma inimiga. A declaração foi feita durante sua participação no programa "Fala que eu te escuto", na Rede 21, quando a modelo recém-convertida falou sobre o caso. "Fiz um ritual para um cara que eu gostava, mas era casado e eu era a amante. Pedi para ele 'brochar' e não sentir nenhum prazer pela mulher dele. Ele dizia que sentia nojo da mulher, e aí eu via que estava funcionando. Quem chegava e falava que não gostava de mim, eu já pedia para 'amarrar', fazia macumba. Fiz macumba uma vez para uma menina que também fez macumba para mim, e ela ficou 60 dias sem falar", afirmou. Andressa, que recentemente passou por cirurgias para drenar o hidrogel de suas coxas, deixou o hospital há cinco dias após novo procedimento. Além do ritual, ela também assumiu que fez outros tipos de pacto. "A cada R$ 1000 que eu ganhava, dava uma champanhe para a pombagira. Dei quase um apartamento com os trabalhos dela. Tomava banho de champanhe na encruzilhada, banho de mel, banho de pipoca para abrir os caminhos. Também fiz rituais que sacrificavam animais, comprava língua, cérebro, coração, o que a senhora que fazia os trabalhos pedia, eu fazia".   Nota da Redação: O Jornal Awùre cumpre com o seu papel de informar a seus leitores sobre tudo o que trata da religiosidade afro-brasileira. O programa Fala que eu te escuto é tendencioso e sua credibilidade só é amparada no seio dos adeptos da seita neo-pentecostal Universal do Reino de Deus. Andressa Urach ao que parece aprendeu bem a lição de estar na mídia a qualquer custo, conseguiu expressão por conta de um acidente cirúrgico, que deixa dúvidas quanto a sua veracidade: proposital ou não.     Extraído do site do Jornal A Tarde / Salvador-BA http://atarde.uol.com.br/chamegente/noticias/1667538-adressa-urach-diz-ter-feito-macumba-para-afastar-inimigos

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *