Breaking News

Afoxé Filhos de Gandhi coloca o bloco na rua com ensaios pré-carnaval

Foto: Arquivo Afoxé Filhos de Gandhi
Foto: Arquivo Afoxé Filhos de Gandhi

Faltando aproximadamente um mês para o carnaval, quem coloca o bloco na rua e abre alas para sua temporada de ensaios abertos de 2014 é o tradicional grupo Afoxé Filhos de Gandhi-RJ. Sempre às quartas, a partir das 19h30, a Federação dos Blocos Afros e Afoxés do Rio de Janeiro (Febarj) recebe um dos primeiros blocos afros de todo o estado que, prestes a completar 63 anos de idade, se apresenta gratuitamente e já garante ao público uma boa prévia dos dias de folia.

As apresentações vão até o fim do carnaval, sempre às quartas, contando eventualmente com convidados surpresa. A pré-venda das alegorias do bloco também pode ser efetuada durante os ensaios e o valor parcelado em até 2 vezes.
A criação do afoxé no Rio aconteceu em 12 de agosto de 1951, por estivadores e trabalhadores da área do Cais do Porto e adjacências ligados às religiões afro-brasileiras e recém-chegados de Salvador, Bahia, onde o grupo original surgiu um ano antes. O patrono do afoxé é Mahatma Gandhi, líder e pacifista indiano. Desde sua fundação o grupo é reconhecido como um movimento de manifestação cultural, que levanta a bandeira da preservação e do desenvolvimento da cultura afro-brasileira, através das mais diversas possibilidades do gênero no cenário regional e popular do país.
Serviço
GRÁTIS
Ensaio aberto – Afoxé Filhos de Gandhi-Rio
Data: sempre às quartas
Local: Febarj
End. Avenida Mem de Sá, nº37 – Lapa
Horário: 19h30

Fanpage Afoxé Filhos de Gandhi-Rio:

 

Foto: Arquivo Afoxé Filhos de Gandhi
Foto: Arquivo Afoxé Filhos de Gandhi

 

 

Foto: Arquivo Afoxé Filhos de Gandhi
Foto: Arquivo Afoxé Filhos de Gandhi

 

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *