Breaking News

AfroExplo celebra o Mês da Consciência Negra com Desfile de Moda Afro

03/11/2016

 

 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um espaço para celebrar e enaltecer a beleza e a diversidade da cultura afro-brasileira. Com essa proposta, o AfroExplo leva ao palco do Museu Nacional, no Mês da Consciência Negra, o VII Desfile de Moda Afro. Sob o tema “Acenda sua chama Tanzânia”, o evento ocorre no dia 19 de novembro e apresenta, ainda, um espetáculo de artes integradas, resultado das oficinas de teatro, dança afro e percussão, promovidas pelo Instituto Cultural Congo Nya.

As atividades do projeto tiveram início em agosto e chegam ao seu ápice em novembro. Com uma programação diversificada, o AfroExplo é uma ação social que conta com incentivo do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) do Distrito Federal. A iniciativa também pretende promover a valorização da produção cultural de São Sebastião, exaltando artistas e a população da comunidade.

A programação do evento final tem início com o VII Desfile de Moda Afro. Com peças exclusivas Black Style, a coleção busca inspiração nas cores e elementos africanos, utilizando estampas e tecidos importados de países como a Tanzânia, grande homenageada desta edição. O evento conta com a participação de modelos voluntários, vindos de diversas regiões do DF como Ceilândia, Gama e São Sebastião.

O AfroExplo 2016 é uma realização do Instituto Cultural Congo Nya, em parceria com o Fórum de Entidades Sociais de São Sebastião. O projeto conta com o apoio do Instituto Federal de Brasília, da Administração Regional de São Sebastião, do Acampamento Tiradentes, da Escola Classe 104, do Espaço Imaginário Cultural e do Sistema Fibra.

Tanzânia – O AfroExplo também tem como objetivo incentivar o estudo da história da África e a valorização das conquistas já realizadas mundialmente pelo povo africano e seus descendentes. Nesta edição, as belezas, cores e ritmos da Tanzânia são os grandes homenageados.

Conhecida por seus parques e belezas naturais, a República Unida da Tanzânia é o 31º maior país do mundo e abriga os três maiores lagos da África: Vitória, Tanganica e Malauí. Embora o idioma oficial seja o swahili (ou suaíli), também utilizado por grande parte da população do Quênia e de Uganda, os tanzanianos possuem ainda mais de 100 dialetos.

Terra natal de Fred Mercury, vocalista da banda de rock Queen e ícone da cultura pop, a Tanzânia é dividida em 26 regiões, que incluem o arquipélago de Zanzibar, e possui alguns dos mais antigos assentamentos humanos, com fósseis dos primeiros hominídeos. As pegadas humanas mais remotas, com 3,6 milhões de anos, foram encontradas por lá, e a região da Garganta de Olduvai, localizada ao norte do país, é chamada de “o berço da Humanidade”.

Outras atrações famosas do país são o monte Kilimanjaro, a cratera do Ngorongoro (uma das maiores caldeiras vulcânicas do mundo, que abriga quase todas as espécies de animais daquela região) e as praias de Zanzibar.

Serviço:

AfroExplo VII
Data: 19 de novembro. Sábado, às 19h.
Local: Auditório do Museu Nacional da República
Entrada franca
Mais informações: (61) 3335-7151 | icongonya.wix.com/congonya

 

Extraído da versão on line do Jornal de Brasília / Brasília – DF
http://www.jornaldebrasilia.com.br/clica-brasilia/afroexplo-celebra-o-mes-da-consciencia-negra-com-desfile-de-moda-afro/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *