Breaking News

Agradecimentos e pedidos dividem devotos de Iemanjá

por Guilherme Silva / Luana Ribeiro Terça, 02 de Fevereiro de 2016 - 09:00  
Foto: Jefferson Peixoto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
Foto: Jefferson Peixoto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
 Frequentadora da festa há 50 anos, a mãe de santo Maria Nilda Gonçalves, 67 anos, levou nesta terça-feira (2) ao Rio Vermelho um “balaio riquíssimo” para homenagear Iemanjá. “Muita jóia, muitos perfumes maravilhosos, e não foram jóias ruins, foram joias boas. Porque eu só trago para ela o que é bom”, afirmou. Sua feitura de santo, aos 17 anos, por Mãe Menininha, do Terreiro do Gantois. Entre as graças alcançadas por ela, por intermédio da orixá, está a cura após uma queda. “Quebrei o fêmur, bacia, coluna. Então, teve médico também no meio, mas foi ela. Hoje estou curada do fêmur, bacia. Operei sim a coluna, mas estou curada”, relata. Já Elisabete Silva, 26 anos, levou presentes junto a um pedido que afirma ser “o maior”. “O que mais preciso na vida, uma casa. Eu vou construir, ela vai me dar minha casa. O balaio está a coisa mais linda”, afirma ela, que levou colares e rosas, “tudo que ela adora”. Questionada sobre a preocupação atual em entregar oferendas ecológicas, Elisabete minimizou os impactos, com base na fé. “Isso é besteira, a gente faz que é  para ser grato. Não polui a água”.   Extraído do portal BN Bahia Notícias / Salvador – BA http://www.bahianoticias.com.br/noticia/185084-agradecimentos-e-pedidos-dividem-devotos-de-iemanja.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *