Breaking News

Angola em festa pelos 40 anos de sua independência

Texto: Assessoria de Imprensa 13.nov.2015

 

Na sexta, pela manhã, a Câmara Municipal Rio de Janeiro, abriu suas portas para homenagear os 40 Anos de Independência de Angola, comemorado em 11 de novembro e de alusão aos 40 anos de amizade do país africano com o Brasil, que foi o primeiro país das Américas a reconhecer Angola como um país livre.

Pela manhã, o auditório, lotado, com entorno de 80 lugares realizou a “Primeira Sessão Pública de Oportunidade de Negócios em Angola”, reuniu empresários e comerciantes. Muitas foram às linhas de trabalhos sugeridas, mas foi unânime o interesse em investir no continente africano.

“Nossa missão é formar parcerias com a nação angolana, conduzindo a perenizarão do conhecimento como base”, atestou Marcelo Weber / Sebrae. A mesa contou ainda com Marcos Janon, da ANDRA, Filipe Caldas, Vice-Presidente da Hamilton Lane, vereador João Mendes, Francisco de Di Gióia, IT Consultant, Rosário de Ceita, do Consulado de Angola e Albino Antônio, Consultor Financeiro do Consulado de Angola.

Já no Plenário, na parte da tarde, outra solenidade dentro das comemorações, abrindo os festejos com todos de pé cantando o hino brasileiro e angolano. Márcia Lima, que entrou em dois momentos soltando a voz com “A Amizade”, música famosa de Fundo de Quintal e a clássica música “Muxima”. Dudu Fagundes, também deu canja com a música: “Luanda Ainda”, além da participação de oito integrantes do grupo de percussão Bloco Afro Negrart, que juntos saíram do protocolo habitual e fizeram pequenas pílulas musicais.

O Vereador João Mendes de Jesus, que presidiu a bancada, onde foi lido o projeto de lei aprovado que transforma o dia 11 de novembro, em Patrimônio e Imaterial do Município do Rio de Janeiro, em seguida condecorando o Sr, Rosário de Ceita, Cônsul Geral de Angola no Rio de Janeiro, com a o conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto, a maior honraria da cultura carioca. Rosário aproveitou e presenteou o vereador com um quadro (de 1X1) pelo artista plástico angolano Fabrício Dom.

 “Celebramos essa data com o sentimento de dever cumprido”. atestou o Cônsul Rosário de Ceita.

Também na solenidade, diversas moções foram entregues para aqueles que têm contribuído com a difusão da cultura angolana no Rio, fortalecendo ainda mais os laços de amizade entre Brasil e Angola. Dos muitos que receberam a honraria, estavam presentes: Cátia Cruz (empresária), Ubiratan Ângelo (Coronel), TV Brasil, representantes de comunidade angolanas, autoridades, jornalistas, entre outros, que somavam em torno de 200 pessoas no Plenário.

“O que vem fazendo à comunidade angolana no Rio é algo que nos fortalece e engrandece”, afirmou Pedro Antônio dos Santos / Cônsul de Cabo Verde.

Após a solenidade, todos se dirigiram ao Salão Nobre da Câmara para coquetel com direito a bolo e champanhe, em comemoração pela passagem de 40 anos de independência de Angola. Destaque para a variedade de cores do vestuário e turbantes africanos dos convidados.

????????????????????????????????????
Credito Umberto Marques, Vereador João com Cátia Cruz
????????????????????????????????????
Credito Umberto Marques, Veraador João com Sahada (TV Brasil)
????????????????????????????????????
Credito Umberto Marques, Rosario com os filhos Denise e Tarcio de Ceita
????????????????????????????????????
Credito Umberto Marques – Rosário com João
Credito Patrycia Alberto, cantora Márcia
Credito Patrycia Alberto, cantora Márcia

 Fonte:  Assessoria de Imprensa

Rozangela Silva
Sócia Diretora
Bi & Ro Assessoria de Comunicação
Telefone: 21 2508 6245 / 21 3026 7242
Celular: 21 99998 1802
Endereço: Av. Rio Branco, 120 / Sala 628 Centro – RJ

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *