Breaking News

ANMA e CCIR iniciam campanha pelas redes sociais contra vídeos

Texto: Sérgio D´Giyan

Em uma ação inédita, a ANMA – Associação Nacional de Mídia Afro e a CCIR – Comissão de Combate a Intolerância Religiosa iniciaram hoje uma campanha pela retirada dos vídeos na internet. Um dos objetivos da campanha é a união do povo de santo em prol da defesa e manutenção das tradições de matriz africana, assim como das religiões afro-brasileiras. Com isso, as duas instituições pressionam a justiça federal para que volte atrás na decisão que negou a retirada dos vídeos ofensivos a religiosidade afro.

ANMA e CCIR promovem amanhã, 28, às 14h na porta do Tribunal Federal Regional 2ª Região, na Rua do Acre, 80, na cidade ato para a entrega de um abaixo-assinado solicitando a retirada desses vídeos.

Abaixo o banner da campanha que já está publicada nas redes sociais.

10253918_10152493347274218_3600546116120551929_n

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *