Breaking News

Ano de 2014 será o ano da Justiça

31/12/2013 - 07:49   2014 será um ano de disputa acirrada na política
mae marizete
A yalorixá mãe Marizete diz que as chuvas devem continuar (Foto: Portal Infonet
O ano de 2014 será regido pelo orixá Xangô que terá como influência Iansã. Xangó é o dono da justiça, da chuva, do trovão e do fogo, e por isso, será um ano em que as chuvas e o tempo forte devem predominar. Para a yalorixá Marizete Silva Lessa, esse não será um ano fácil, mas no segundo semestre, as coisas tendem a melhorar já que o orixá Oxum deve entrar para reger junto com Xangô e Iansã o ano de 2014.  Será um ano que vai favorecer a justiça, e acima de tudo a fé. Eleições De acordo com mãe Marizete, será um ano de muita disputa na política. "Vai ser um ano de preocupação dos políticos, porque vai ser um ano agitado, onde todos vão querer ganhar. Não vai ser um ano ruim para quem ganhar, só basta o vencedor saber trabalhar pela população", afirma. Previsões climáticas Como o ano será regido pelo orixá Xangó. “Esse é um ano pesado, tem que todo mundo rezar. As chuvas vão continuar, com trovões e tempestade e será preciso a entrada de Oxum no segundo semestre para acalmar os ânimos, mas os orixás vão olhar por Aracaju”. Saúde Na saúde, será um ano de curas. “Apesar de ser um ano pesado de doença, a saúde vai melhorar e curas vão ocorrer. Tem pessoas que vão lutar para melhorar a saúde”, diz. Relacionamento Segundo mãe Marizete, 2014 não é o ano do amor. “No amor não vai ser muito bom, porque Iansã e Xangô não são bons de amor, porque são guerreiros, forte e que não pensam nisso. Não vejo como um ano de união entre os casais, mas quando Oxum entrar, pode melhorar o amor e acontecer laços afetivos entre as pessoas, mas não vai ser essas coisas toda não”, garante. Segurança “A violência vai continuar forte, já que as pessoas tentarão fazer sua própria Justiça. Se os homens quiserem, isso pode melhorar. Aqui não é como o Rio de Janeiro, mas já está ficando violento”, diz. Virada de ano Para a virada de ano, a yalorixá recomenda que as pessoas tenham cautela na noite da virada. “Que as pessoas evitem viajar na virada de ano, porque muitos acidentes podem ocorrer. Também é preciso cautela na bebida no momento da comemoração”, diz. Simpatias Para abrir os caminhos é recomendado tomar um banho na noite da virada do ano. “Comprar rosas brancas, antes de sair pra festa, comprar seis rosas brancas, botar num balde, colocar colônia de alfazema e tomar banho pedindo que Oxum abra os caminhos”, afirma. Escolha da roupa Para passar o final de ano, o ideal é que a pessoa possa passar de branco ou amarelo e rosa por causa de oxum. Não é recomendado entrar de preto e nem vermelho. Por Aisla Vasconcelos   Extraído do site: Infonet Notícias http://www.infonet.com.br/cidade/ler.asp?id=152913

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Ilé Asé Omin Oiyn, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Hoje, é editor do Jornal Awùre. Diretor Financeiro da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. Colabora com a assessoria de comunicação do PPLE - Partido Popular da Liberdade de Expressão Afro-Brasileira. É sócio diretor na agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *