Breaking News

Após iniciar-se no Candomblé, Lú Bernardi faz sucesso no meio da religião

Lú Bernardi. Foto: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação
Lú Bernardi. Foto: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

 

A modelo Lú Bernardi, que recentemente trabalhou um período ao vivo no Programa da Eliana no SBT, tem um jeito todo especial de ser. Com o seu jeito engraçado e espontâneo de ser, e sem papas na língua, a loira sempre diz tudo o que pensa e o que acha.

Recentemente, após a beldade ter ficado careca para se “iniciar” no Candomblé, está fazendo bastante sucesso no meio da religião… A modelo foi convidada para apresentar e ser Madrinha de Cerimônia do evento “Na Batida do Tambor”, o qual será realizado no dia 12 de março na quadra da escola de samba X-9 Paulistana.

O evento contará com apresentações de atabaques e muito samba da primeira qualidade com os sambistas Royce do Cavaco, Dudu Nobre, Henrique Santos, Sall e Rodrigo Fela. O principal intuito do evento é promover adeptos de umbanda e candomblé, além de todos os simpatizantes que gostam de um bom samba.

Os ingressos tem o custo de R$ 10,00 e poderão ser adquiridos antecipados em dois endereços: Av.Leôncio de Magalhães, 846 – Jd.São Paulo e/ou Av.Julio Buono, 1555 – Vila Gustavo.

Vale ressaltar que a modelo Lú Bernardi está lançando uma marca de roupas com o nome “Lu Ori’s”, onde todas as peças terão um motivo ligado ao candomblé.

Esse ano pelo jeito será bem agitado para a beldade.

Lú Bernardi. Foto: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação
Lú Bernardi. Foto: Acervo Pessoal / Renato Cipriano – Divulgação

Extraído do site do Jornal Folha Geral / BA-GO

Fonte: Folha Geral
http://www.folhageral.com/entretenimento/famosos/2016/02/apos-iniciar-se-no-candomble-lu-bernardi-faz-sucesso-no-meio-da-religiao/#ixzz41ahjt9pu

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *