Breaking News

Araraquara não sofrerá com crise em 2016, dizem pai e mãe de santo

Confira as previsões sobre eleições, impeachment da presidente e Ferroviária na Série A1 do Paulista

07h58 | 03/01/2016
Araraquara.com / Tom Oliveira

Araraquara não sofrerá com crise em 2016, dizem pai e mãe de santo (Marcos Leandro/Tribuna Araraquara)
Araraquara não sofrerá com crise em 2016, dizem pai e mãe de santo (Marcos Leandro/Tribuna Araraquara)

 

Mais uma vez, a Tribuna foi perguntar o que os orixás dizem sobre o ano de 2016 para o País e para Araraquara. Para isso, convidamos o babalorixá Sílvio d’Oxosse e a iyalorixá Cecília para prever o que podemos esperar de 2016.

Pai Sílvio diz que o ano será regido por Oxalá, Xangô e Iansã, por isso será um ano em que a justiça prevalecerá. “Exu estará livre entre os orixás e ele é o único que não perdoa”, diz.

Mãe Cecília (Marcos Leandro/Tribuna Araraquara)
Mãe Cecília (Marcos Leandro/Tribuna Araraquara)

Mãe Cecília comenta que será regido por Oxalá com a participação de Iemanjá e Exu, por isso será um ano de luta e equilíbrio.

Para começar, vamos ao tema que vai agitar Araraquara no ano que vem: as eleições municipais.

Quem vai ser prefeito? – Em 2014, pai Sílvio já havia falado que o próximo pleito eleitoral seria vencido por uma mulher, que não a deputada estadual Márcia Lia (PT).

Neste ano, o babalorixá foi mais enfático: Edna Martins (PSDB), uma das pré-candidatas, é a que tem mais chances de vencer as eleições de 2016. “Mesmo com a presença de Edinho Silva (PT), hoje ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social do Governo Federal, a Edna continua com maior chance de vencer”, diz.

Sobre o tema, mãe Cecília não cravou nomes. Disse apenas que as eleições ainda estão abertas e que podem ocorrer grandes surpresas.

Economia de Araraquara – Após jogar algumas vezes os búzios, pai Sílvio disse que Araraquara continuará a ser uma cidade privilegiada economicamente em 2016 e que a crise que assola o País não deve afetá-la de forma grave.

Além disso, comentou que novas empresas – poucas – devem vir à cidade. “Vejo que a cidade estará privilegiada no sentido de crescimento e evolução este ano”, afirma.

Mãe Cecília, por sua vez, diz que o município vai suportar bem a crise nacional, que deve ser minimizada no final de 2016.

Pai Silvio (Amanda Rocha/Tribuna Araraquara)
Pai Silvio (Amanda Rocha/Tribuna Araraquara)

Dilma fica ou sai? – “Não vejo saída da presidente [Dilma Rousseff (PT)]. Não vejo perdas para ela, portanto, deve continuar no Governo, apesar do ano difícil que terá pela frente”, diz mãe Cecília. “Ela está bem auxiliada pela Justiça.”

Já pai Sílvio diz o contrário, que o processo de impeachment da presidente vai ocorrer. Para ele, Dilma renunciará ou será tirada do cargo, mas não vê que o sucessor seja Michel Temer (PMDB).

Ferroviária na elite do futebol – A Ferroviária vai se manter na primeira divisão do Campeonato Paulista, mostraram os búzios para Pai Sílvio d’Oxosse. No entanto, não deve ter muito êxito nem se classificar para as quartas de final da competição.

No ano passado, ele acertou sobre o acesso da Ferrinha à elite do futebol paulista. Mãe Cecília, por sua vez, diz que o sucesso da Ferroviária vai depender do comando, mas que vê sucesso na empreitada da equipe pelos campos da Série A1.

LIBERTADORES – Este ano, a Copa Libertadores da América terá três clubes paulistas na disputa: Corinthians, São Paulo e Palmeiras.

Segundo pai Sílvio, o Palmeiras é o que tem menos chances de vencer a competição sul-americana.
“As maiores probabilidades são de São Paulo e Corinthians”, disse, antes de prever que o bicampeonato do Timão virá este ano. Sílvio também crava o Santos como campeão do Paulistão. “Vai brilhar nessa competição”, garante.

OLIMPÍADAS 2016 – O esporte vai ser destaque este ano muito por conta das Olimpíadas e Paralimpíadas deste ano, que serão realizadas na cidade do Rio de Janeiro.

De acordo com a previsão de Sílvio, o Brasil vai ter uma boa participação no maior evento esportivo do planeta. “Vejo que vêm muitas medalhas por aí, muito por conta do calor da torcida”, diz.

Já Mãe Cecília prevê que a participação brasileira nos Jogos será igual ao de anos anteriores, sem muito brilho, mas também sem grandes decepções. Ela também garante que não haverá casos de terrorismo durante a competição.

Um ano sem tragédias – Segundo mãe Cecília, 2016 vai ser um ano sem tragédia para Araraquara. No entanto, diz que haverá uma grande perda para a cidade. “Pode ser que alguém importante para o município venha a falecer e cause grande comoção”, sugere. “Será um ano repleto de altos e baixos, mas sem muito sofrimento.”

Pai Sílvio, por sua vez, diz que o caminho está livre para Araraquara brilhar e prevê o trajeto: “A cidade vai se destacar por causa de algo que ocorrerá no ambiente acadêmico, nas faculdades presentes aqui”, chutando que pode ser uma pesquisa premiada nacionalmente.

Epidemia de dengue? – Pai Sílvio garante que há uma grande chance de Araraquara ver triplicar o número de casos da doença este ano. “Esperamos que a população faça sua parte porque, caso isso não ocorra, a chance é muito grande de termos uma epidemia enorme”, diz.

 

Extraído do site Araraquara.com
http://www.araraquara.com/noticias/cidades/cidades_internaNOT.aspx?idnoticia=1133105

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *