Argentina: Pai de santo é preso por estuprar e manter mulher em cativeiro

Vítima conseguiu escapar da casa onde foi mantida presa por mais de dez anos

Por EFE

access_time24 jul 2018, 16h06

Buenos Aires – A polícia da província de Buenos Aires deteve um “pai de santo” na umbanda pela acusação de manter em cativeiro por mais de dez anos uma mulher com quem teve sete filhos após diversos estupros, informaram nesta terça-feira (24) fontes de segurança.

A detenção aconteceu no município de Moreno (a 35 quilômetros da capital) depois que a mulher conseguiu escapar da casa onde era mantida presa e denunciou o líder religioso “Pai Carlos” às autoridades.

A investigação aponta que a história começou quando a jovem tinha 17 anos e conheceu o “pai de santo”, com 36 anos na época, que afirmou na ocasião que precisava permanecer com ela por razões “privadas da religião”.

Segundo informações, o caso ainda é investigado devido à existência de outras possíveis vítimas do detido.

 

Extraído do site da Revista Exame / São Paulo – SP
https://exame.abril.com.br/mundo/argentina-pai-de-santo-e-preso-por-estuprar-e-manter-mulher-em-cativeiro/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *