Artista plástico francês é encontrado morto em Paraty

© Reprodução/Facebook

Amigos do francês acreditam que ele pode ter sido vítima de um crime de intolerância, pois era estrangeiro, gay e praticava candomblé

© Reprodução/Facebook

 

13:00 – 16/07/18 POR NOTÍCIAS AO MINUTO

 

  

Um artista francês foi encontrado morto na sexta-feira (13), em Paraty, no litoral fluminense. Cedric Jaurgoyhen Madala, de 33 anos, morava na cidade há alguns anos, em um sítio no bairro Barra Grande, afastado do Centro. A casa dele foi queimada pelos criminosos e o corpo foi encontrado com um tiro na cabeça.

A irmã do artista, Sophie Chauvet, mora na cidade há cerca de 15 anos. Segundo ela, Cedric trabalhava como fotógrafo, artista plástico e performático.

“A mãe chegou hoje e está agora no consulado para pegar os documentos dele. A gente vai se encontrar no IML, à tarde, para reconhecer o corpo. Paraty é uma cidade pequena, então o delegado não está aqui todos os dias. Ele falou que vai me atender na quarta, que vai ser o dia do plantão”, contou Sophie ao O Globo.

A irmã disse ainda que ela foi a última pessoa a ver Cedric, na última quarta-feira (11). A casa dele fica em uma área isolada, sendo que o vizinho mais próximo mora a 500 metros, do outro lado do rio.

Um pedreiro que trabalhava em uma obra do lado de fora da casa achou o corpo do fotógrafo, na última sexta-feira (13).

Amigos do francês acreditam que ele pode ter sido vítima de um crime de intolerância, pois era estrangeiro, gay e praticava candomblé.

“Acredito que ele foi executado por essas questões. Por ele ser gay, do candomblé, estrangeiro e artista. Algumas pessoas da cidade falam da possibilidade de ter traficantes já no lugar”, disse uma amiga, que não quis se identificar.

A polícia ainda não se pronunciou sobre o caso. 

A fotógrafa francesa Claire Alice Jean, há mais de 30 anos radicada no Rio, contou que Cedric estava no meio do seu maior projeto, que levaria cinco anos para ficar pronto, segundo estimativa do artista. O trabalho envolvia uma exposição de fotos, filme, canto e apresentação. Claire disse ainda que amigos do artista vão realizar uma mostra em sua homenagem.

“O grande projeto artístico que estava em andamento, abortado tragicamente, tem que ser divulgado. Vamos trabalhar para juntar o material de vídeo e de fotos para elaborar uma homenagem a este artista de talento”, afirmou.

 

Extraído do site de notícias Notícias ao Minuto
https://www.noticiasaominuto.com.br/justica/622894/artista-plastico-frances-e-encontrado-morto-em-paraty

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *