Breaking News

Associação de Mídia Afro emite nota de pesar pelo trágico acidente aéreo na Colômbia

Texto: Sérgio d´Giyan

untitled

 

A ANMA – Associação Nacional de Mídia Afro, emitiu, nesse domingo, nota de pesar pelo trágico acidente aéreo, que culminou com a perda de atletas da equipe do Chapecoense, que iria participar da primeira partida da final da Copa Sul Americana de Futebol, na Colômbia.

Como noticiado, na imprensa, na aeronave, jornalistas e profissionais de mídia acompanhavam a delegação, a fim de transmitir para o Brasil, a partida contra o Atlético Nacional de Medellín, equipe colombiana que disputaria o campeonato.

Segue na íntegra a nota assinada pelo presidente da ANMA, Marcio de Jagun.

 

“Lamentamos profundamente e nos solidarizamos com as famílias e amigos dos atletas, jornalistas e profissionais da aviação que faleceram neste trágico acidente aéreo.

Todos estavam direta, ou indiretamente, ligados a um jogo de futebol que aconteceria nesta semana. O futebol é um esporte de caráter inclusivo, que dá espaço e reconhece como ídolos, pessoas de todos os gêneros, etnias, graus de instrução, classes sociais e convicções religiosas.

A dor e o esporte aproximaram nações e povos, por todo o mundo. Que esse episódio possa, ao menos, nos tornar a todos mais humanos e menos violentos.”

Márcio de Jagun

Presidente da ANMA – Associação Nacional de Mídia Afro

 

O perfil dos jornalistas

André Podiacki (RBS) – Natural de Florianópolis, André era repórter do jornal Diário Catarinense desde 2011. Tinha 26 anos e atuava como setorista da Chapecoense.

Ari de Araújo Jr. (TV Globo) – Era reconhecido como um dos mais talentosos profissionais de imagem do Brasil. Nasceu em Trindade, no estado de Goiás. Começou como porteiro na TV Serra Dourada, afiliada do SBT. Virou repórter cinematográfico na TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo. Depois de passar pela Globo São Paulo, estava na Globo Rio desde 2012. Seu trabalho mais conhecido foi o programa Planeta Extremo. Participou da cobertura de Copa do Mundo e Olimpíada.

Bruno Mauri da Silva (RBS) – Técnico de externas, estava na emissora desde 2012. Atuou ainda como operador técnico. Tinha 25 anos.

Devair Paschoalon (FOX) – Conhecido por Deva Pascovicci, era narrador da Fox Sports. Tinha 51 anos e nasceu em Monte Aprazível, São Paulo. Começou narrando por emissoras do interior até chegar à extinta TV Manchete, no início dos anos 90. Em 1995 foi para o SporTV e ficou até 2004. No ano seguinte, foi para a CBN. Estava desde o início de 2016 na Fox.

Djalma Araújo Neto (RBS) – Aos 35 anos, era repórter cinematográfico da RBS TV. Tinha 13 anos de empresa.

Douglas Dorneles (Rádio Chapecó) – Comentarista da emissora.

Edson Luiz Ebeliny (Rádio Super Condá) – Repórter da emissora.

Fernando Schardong (Rádio Chapecó) – Narrador da emissora.

Gelson Galiotto (Rádio Super Condá) – Narrador da emissora.

Giovane Klein Victória (RBS) – Repórter da RBS TV, o jornalista tinha 28 anos. Trabalhou também na TV Pampa, em Porto Alegre.

Guilherme Marques (TV Globo) – Completou 28 anos no último dia 25 de novembro. Estudou na Escola Parque e se formou em jornalismo pela PUC Rio. Foi estagiário do GloboEsporte.com e passou pela TV Brasil, antes de voltar à Globo para trabalhar como produtor e repórter esportivo da TV em 2013.

Guilherme Van der Laars (TV Globo) – Completou 43 anos no último dia 20 de novembro. Trabalhou no LANCE! e no Jornal Extra antes de se tornar produtor esportivo da TV Globo. Trabalhava na equipe do ”Esporte Espetacular”.

Jacir Biavatti (RIC TV e Rádio Vang FM) – Era comentarista esportivo da TV há quatro meses. Viajou para fazer a cobertura da partida para a rádio.

Laion Espíndola (GloboEsporte.com) – Nascido em 23 de outubro de 1987, Laion era jornalista do GloboEsporte.com em Santa Catarina. Antes, trabalhou nos jornais O Sul e Correio do Povo. Também passou pelo Grupo RBS, todos em Porto Alegre. Atuava como setorista da Chapecoense há dois anos.

Lilacio Pereira Jr. (FOX) – Aos 48 anos, Lilacio era coordenador de transmissões externas.

Mário Sérgio (FOX) – Ex-jogador e ex-treinador, tinha 66 anos e era comentarista do canal de TV Fox Sports. Defendeu a seleção brasileira e atuou por Flamengo, Vitória, Fluminense, Botafogo, Internacional, São Paulo, Palmeiras, Grêmio,  entre outros.

Paulo Julio Clement (FOX) – O jornalista Paulo Julio Clement, 51 anos, era comentarista do canal. Foi diretor de esportes do Sistema Globo de Rádio. Passou também pelos principais jornais do Rio de Janeiro. Foi repórter de O Globo e editor de Esportes do Jornal do Brasil. Também trabalhou no Marca Brasil, como editor.

Rafael Henzel (Rádio Oeste Capital)Único jornalista sobrevivente. Narrador da rádio, Rafael tem 43 anos, é casado e tem um filho de nove anos. Começou a carreira aos 17 anos na rádio. Após sair de Chapecó, trabalhou no Rio e em Volta Redonda. Voltou para a cidade catarinense há seis anos. Tem um programa diário, chamado Som e Café News. Acompanha a Chapecoense em todas as viagens. Foi um dos seis sobreviventes do desastres.

Renan Agnolin (RIC TV Rádio Oeste Capital) – Aos 27 anos, Renan atuava como repórter da rádio apenas em jogos da Chapecoense. Também trabalhava para a Ric TV, afilhada da TV Record em Chapecó e ancorava o programa Jornal do Meio-Dia.

Rodrigo Santana Gonçalves (FOX) – Rodrigo era repórter cinematográfico da emissora. Tinha 35 anos.

Victorino Chermont (FOX) – Repórter, tinha 43 anos e estava na Fox Sports. Trabalhou na Rádio Globo e SporTV até 2012, quando mudou de emissora.

Fonte: ND

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *