Breaking News

‘Balé das Iyabás’ promove intercâmbio com mulheres negras no Mucane

30/08/2016às 18:12

 

👤Magalli Lima

300816_baledasiyabas1_divulgacaoNão é comum ainda a presença da mulher negra no balé tradicional, apesar da trajetória histórica da dança. Contudo, iniciativas como a do grupo cultural Balé das Iyabás são realizadas no intuito de questionar esses cenários e incentivar a presença de mulheres negras nessas artes – mesmo que ressignificando a dança.

Balé das Iyabás é um grupo do Rio de Janeiro, formado por mulheres negras que se estrutura em cima de uma questão maior, discutir o protagonismo da mulher na sociedade a partir da mitologia dos Orixás. Aliás, o nome Iyabás é o feminino de Orixás. Existem seis principais Orixás femininos que são responsáveis pelo equilíbrio da terra e da vida.

O grupo estruturou o projeto Vivências do Balé – Protagonismo de Pretas, que se resume em uma oficina com dinâmicas de interação entre a mitologia das Iyabàs e suas manifestações e significações no cotidiano. A proposta é, como o próprio grupo define: “analisar aspectos políticos, sociais e culturais das mulheres no nosso dia a dia. Entre narrativas, mitologia, diálogos e experiências, traremos também para o corpo, movimentos inspirados na gestualidade das Iyabàs, propondo uma leitura que dialogue com este universo e expresse o balé dessas Orixás”.

https://www.facebook.com/GrupoCulturalBaleDasIyabas/videos/1281326941885443/

E para trazer esse trabalho à Vitória, o Movimento de Mulheres Negras Capixabas convidou e recebe o grupo de Balé das Iyabás para a apresentação do projeto Vivências do Balé – Protagonismo de Pretas, que será realizado no sábado (3), a partir das 15h, no Museu capixaba do Negro, que fica no Centro de Vitória. A proposta maior do encontro é propor diálogos e trocas de saberes entre mulheres negras que atuam no movimento negro com mulheres que não atuam. A atividade comporta a participação de 40 mulheres e é gratuita – por meio de inscrição online.

Acompanhe as atividades do grupo cultural Balé das Iyabás

O Movimento Mulheres Negras Capixabas

Mulheres Negras Capixabas é um movimento dinâmico que surge como proposta de ser intermédio de encontros, reflexões, trocas de conhecimentos, aprendizados, valorização, vivências e empoderamento das mulheres negras na busca de possibilidades de transformação de suas realidades. E, para tanto, é um espaço de garantia do dizer de sua história, de reconhecimento de sua ancestralidade na busca constante de construção, mudanças e transformações que contribuam para um novo modo de ser e estar nesta sociedade.

Serviço

A oficina Vivências do Balé – Protagonismo de Pretas, do grupo Balé das Iyabás, será realizada no sábado (3), a partir das 15h, no Mucane – avenida    República, 121, Centro de Vitória. A atividade é gratuita.

 

 

Extraído do site do Jornal on line Século Diário / Vitória – ES
http://seculodiario.com.br/30341/17/ijbale-das-iyabasij-realiza-intercambio-com-mulheres-negras-no-mucane

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *