Breaking News

Banquete de orixás no Pátio de São Pedro

Publicado por Bruno Albertim às 17:47

 

Junho é mês de São João. E também de Xangô. Logo mais, no Pátio de São Pedro, tem início a 10ª Exposição da Culinária Afro-Brasileira no Ciclo Junino. A iniciativa é uma parceria do Núcleo da Cultura Afro-Brasileira com a Mãe Elza de Iemanjá, os povos tradicionais de terreiros, e conta com o apoio da Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife. “Estamos muito felizes, principalmente porque é mais uma oportunidade de se quebrar preconceitos contra os povos e costumes de matriz africana, através do diálogo”, diz mãe Elza.

A noite é dedicada à celebração da culinária africana e à reflexão sobre sua influência na mesa cotidiana. Serão onze barracas expondo as iguarias, comandadas pelos babalorixás e as ialorixás, pai e mãe de santo, do Recife e arredores. Dona Carmem Virgínia dos Santos, por exemplo, vai oferecer um latapá de Xangô, versão mais africana do vatapá. Cantos e rezas de louvação comandam a noite.

Serão trinta opções, divididas em sete mil porções.

O beguiri de Xangô leva quiabo, camarões e carne: parece, mas não é um caruru. Foto: J. P. Magero / 485 Filmes
O beguiri de Xangô leva quiabo, camarões e carne: parece, mas não é um caruru. Foto: J. P. Magero / 485 Filmes

 

O banquete público é servido até às 21h.

 

Extraído do blog Frigideira, do JC on line / Recife – PE
http://jc.ne10.uol.com.br/blogs/frigideira/2016/06/27/777/

 

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *