Breaking News

Bel Coelho volta a servir menu-degustação em que homenageia orixás

 Sergio Coimbra/Divulgação     Bombom de sarapatel e jabuticaba do menu dos orixás, no Clandestino
Sergio Coimbra/Divulgação
Bombom de sarapatel e jabuticaba do menu dos orixás, no Clandestino

 

MAGÊ FLORES
DE SÃO PAULO

14/08/2016  02h00

A chef Bel Coelho fará mais uma temporada de seu menu dos orixás, em que homenageia as divindades do candomblé.

Criado há quatro anos, o menu-degustação é do tempo em que o Clandestino funcionava no segundo andar de seu antigo Dui, e agora será servido no espaço próprio, na Vila Madalena.

O menu será oferecido entre os dias 22 e 27 de agosto, e também nos meses de setembro e outubro. São 13 fases, tendo receitas como cupim com farofa de dendê, mel e cachaça (em homenagem a Exu) e bombom de sarapatel com jabuticaba (para Nanã).

O jantar custa R$ 260 sem bebidas alcoólicas ou R$ 380, harmonizado com vinhos ou cervejas da Blondine.

Para desenvolver o menu, a chef realizou pesquisas por quase um ano. Os estudos não se limitavam aos ingredientes que agradariam ou não as divindades, tiveram também vivências em terreiros respeitados e conversas com yabassés (as cozinheiras de terreiro).

O pequenino Clandestino é aberto por uma semana ao mês e atende apenas 24 clientes por noite (sob reserva).

Clandestino
Onde R. Medeiros de Albuquerque, 97, Vila Madalena, tel. (11) 2861-0010

 

 

Extraído do site da Folha / São Paulo – SP
http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2016/08/1802351-bel-coelho-volta-a-servir-menu-degustacao-em-que-homenageia-orixas.shtml

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *