Breaking News

Búzios e tarô apontam Munik como campeã do ‘BBB 16’

05/04/16 05:00

 
eliminacao
Maria Claudia e Munik disputam o prêmio de R$ 1,5 milhão.  Paulo Victor Mafrans
  O nome da mais nova milionária do Brasil será revelado hoje, na final do “Big Brother Brasil 16”. A noite será animada por Ivete Sangalo, Ludmilla e Wesley Safadão, artistas que embalaram as festas durante o confinamento. Independentemente de quem levar o prêmio de R$ 1,5 milhão, uma coisa é certa: será a primeira vez que o reality premiará alguém tão jovem. Cacau e Munik têm só 19 anos, mas cada uma tomou um rumo diferente no jogo. Enquanto a potiguar chega à final representando o grupo encabeçado por Renan, a goiana simboliza o time de Ana Paula. O destino das competidoras também parece ser bem distinto. Na internet, as torcidas das duas travam uma guerra. Mas, para os búzios e o tarô, Pequi leva a melhor. — Tanto Maria Claudia quanto Munik são extremamente metódicas, inteligentes e determinadas. Mas enquanto Munik é mais centrada e age de forma calculada, Cacau é emocional — diz o pai de santo Walter D’Oxaguiã. Outra grande expectativa é para ver o reencontro de alguns brothers com Ana Paula. A mineira colecionou desafetos e, mais tarde, estará frente a frente com Renan, Juliana, Laércio e Daniel, seus adversários. Animação garantida! Cacau - previsões Gloria Britho, taróloga: Apesar de terem a mesma idade e o mesmo ano pessoal, Cacau está sob a regência do Arcanjo 4, representado pela carta do Imperador. De certa forma, ela pode ter uma vida limitada, o que complica a situação dela no jogo. Isso porque a pessoa de número 4 chega a um determinado limite e não avança mais. Walter D’Oxaguiã, pai de santo: Cacau teve seu caminho no jogo guiado pela intriga. As atitudes infantis a colocam atrás na disputa pelo prêmio. Maria Claudia tem o dom de sair ilesa dessas confusões. Mas se perdeu por causa do coração, ficando sem foco e direção. Munik - previsões Gloria Britho, taróloga: A aposta é na vitória de Munik pelo fato de a carta de destino dela ser a Força (Arcano 11), que fala do grande poder de magnetismo pessoal. Isso é um ponto positivo para Pequi. Walter D’Oxaguiã, pai de santo: O caminho dela é regido pelo orixá das transformações. Munik é um camelão humano. Não importa a situação, ela vai se adaptar. Isso explica bem o sucesso e o carisma de Pequi junto ao público. Esse perfil faz toda a diferença num jogo como esse e a coloca como uma vencedora. Isso explica, também, ela ter se esforçado muito em algumas provas e em outras, não. Leia mais: http://extra.globo.com/tv-e-lazer/bbb/buzios-taro-apontam-munik-como-campea-do-bbb-16-19019240.html#ixzz44zKFg8T1   Extraído do caderno TV e Lazer da versão digital do Jornal Extra / Rio de Janeiro – RJ http://extra.globo.com/tv-e-lazer/bbb/buzios-taro-apontam-munik-como-campea-do-bbb-16-19019240.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *