Breaking News

Caixa celebra o mês da Consciência Negra com atrações culturais

A CAIXA Cultural apresenta programação artística, em celebração ao dia Nacional da Consciência Negra, com a realização do evento Dia de Zumbi, uma proposta do coletivo Etnohaus.

O evento traz, entre os dias 18 e 23 de novembro, shows musicais com sonoridades contemporâneas pautadas em diversas matrizes afro brasileiras, além de projeção, performance, oficinas e vídeo-ação.

SERVIÇO:

Shows:

18/11
CORAL IYÚN ASÉ ORIN – 19h

19/11
ABAYOMY AFROBEAT ORQUESTRA – 19h

20/11
MARACUTAIA – 19h

21/11
Intervenção performática “O Sagrado que há em mim”
ANDRÉ SAMPAIO e os AFROMANDINGA – 19h

22/11
KARLA SILVA
FEIJÃO COLETIVO – 18h

23/11
LÚCIO SANFILIPPO – 18h

Classificação indicativa: 12 anos.
Lotação: 226 + 4 cadeirantes

Ingressos: R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia).
Vendas a partir do dia 11 de novembro, somente na bilheteria do Teatro de Arena, de terça a domingo, das 9h às 21h.
Informações: CAIXA Cultural RJ (21) 3980-3815
diadezumbi@gmail.com www.diadezumbi.com.br

Programação paralela:

Projeção multimídia: “Rio-Luanda”
De 18 a 23 de novembro, das 13h às 21h. Foyer da Caixa Cultural

Registro documental: “O que é (ter) consciência negra?”
De 18 a 23 de novembro, das 18h às 21h. Hall do Teatro de Arena

Oficinas – inscrições de 05 a 13 novembro www.diadezumbi.com.br

“Indumentária africana – turbantes” – 30 vagas
Dia 19 de novembro, das 17h às 18h30. Sala de ensaio

“Percussão e Dança Ijexá” – 40 vagas
Dias 22 e 23 de novembro, das 10h às 13h. Sala de ensaio

Fonte: http://postozero.com/en/events/concerts/dia-de-zumbi-caixa-cultural-rio-de-janeiro/2014-11-18

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *