Breaking News

Carlinhos Brown é a voz de Oxalá em filme de animação que estreia dia 15

O lançamento do filme está marcado para o dia 15 de janeiro

Publicada em 06/01/2016 13:59:36
Foto: Diane Luz/Divulgação Esta é a primeira vez que ele dubla um personagem de animação em stop motion
Foto: Diane Luz/Divulgação
Esta é a primeira vez que ele dubla um personagem de animação em stop motion
Mesmo com a vida agitada e dividindo-se entre os preparativos para o Carnaval, sua carreira como empresário e as gravações do The Voice Brasil, o cantor e compositor Carlinhos Brown dublou Oxalá no filme Òrun Àiyé. Esta é a primeira vez que ele dubla um personagem de animação em stop motion. Antes disso, já assinou a trilha de "Rio" e teve músicas em outras produções do cinema, como “Capitães de Areia” (2011), “Ó Paí, Ó” (2007), “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (2003), “Xuxa e os Duendes” (2001), entre outros. Dirigido por Jamile Coelho e Cíntia Maria e com roteiro de Tyago Bezerra, a animação baiana mostra a jornada de Oxalá (Carlinhos Brown) para cumprir sua missão de criação do mundo. O filme foi premiado, na categoria “Novos Talentos”, do Festival Brasil Stop Motion, maior do gênero na América Latina. O evento recebeu 275 produções de 46 países, dos quais 51 foram os finalistas e apenas dois filmes nacionais foram premiados. Outros convidados especiais também emprestaram suas vozes para personagens do filme, como a atriz Fernanda Crescêncio (Luna) e dos atores Fábio de Santana (Oduduwa), João Miguel (Olodumaré), Carlos Betão (Bira) e Jorge Washington (Orunmilá). 20160106020030_oxala A animação é narrada pela figura do griôt, representada pelo memorável historiador, Ubiratan Castro (1948-2013), carinhosamente chamado de Bira, que conduzirá a descoberta de sua neta Luna, à memória viva que é o continente africano. Os deuses Orunmilá, Oduduwa, Exú e Nanã terão papel fundamental para o desfecho dessa história. A produção do curta possui na direção musical o doutor em música Guilherme Maia, cenografia do premiado Léo Furtado e Mônica Terra Lima, produção musical de André T., mixagem, desenho de som e animação (2D) do renomado Mateus Di Mambro, paineis do grafiteiro Eder Muniz (Calangos) e bonecos do artista plástico Leonardo Muela (Minhocas). O lançamento do filme está marcado para o dia 15 de janeiro.   Extraído do site do Jornal Tribuna da Bahia / Salvador – BA https://www.tribunadabahia.com.br/2016/01/06/carlinhos-brown-a-voz-de-oxala-em-filme-de-animacao-que-estreia-dia-15

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *