Breaking News

Carlinhos de Jesus: suposta psicografia do filho não é verdadeira

Carlinhos de Jesus publicou nas redes sociais um texto onde afirma que a suposta psicografia do filho ‘não condiz com o fatos’

 

naom_559cfe377ade7

Carlinhos de Jesus, dançarino e coreógrafo, publicou nas redes sociais um desabafo sobre uma suposta psicografia atribuída a seu filho, o músico Eduardo Mendes de Jesus, assassinado em 2011 no Rio de Janeiro.

No texto publicado por Carlinhos nesta terça-feira (7), o dançarino afirma que a mensagem que inocenta um dos policiais acusados do crime “não relata a realidade”.“A psicografia não condiz com os fatos e enfatiza a inocência de um policial, quando, sem sombra de dúvidas, os maiores e comprovadamente envolvidos são policiais, ex-policiais e até um candidato a ingressar na polícia”, escreveu.

O coreógrafo ainda pede para que links de um vídeo que contém a mensagem não sejam mais repassados para ele e sua família.

O Extra entrou em contato com Carlinhos que contou que pedirá que a Polícia Civil do Rio investigue a origem do vídeo e tente, de alguma maneira, retirá-lo do ar. O pai da vítima ainda teme que possa ser alguma manobra para que algum dos acusados do crime ganhe a simpatia das pessoas.

“Agora que só aguardamos a data do julgamento, acontece isso. Essa mensagem não é do meu filho. Sei que algumas pessoas mandam esse vídeo de boa intenção, acreditando que vão me confortar. Mas não é do Dudu. Por favor, parem, porque daqui a pouco esse vídeo vai viralizar”, disse o coreógrafo.

Segundo a publicação do Extra, Carlinhos afirmou que se divide entre duas religiões – o espiritismo e o catolicismo – e que acredita em psicografias. “Mas isso que está acontecendo é outra coisa. Quando a família está interessada, ela mesma procura. É desgastante demais essa situação”, declarou.

 

Extraído do portal de notícias Notícias ao minuto / Portugal
http://www.noticiasaominuto.com.br/fama/116921/carlinhos-de-jesus-suposta-psicografia-do-filho-n%C3%A3o-%C3%A9-verdadeira?utm_source=gekko&utm_medium=email&utm_campaign=daily#.VZ3zrvlVjzk

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *