Breaking News

Casa da Cultura recebe lançamento do livro “Mulheres de Axé”; confira

13/02/14, 18:54

 

O livro foi escrito na Bahia, por Marcos Rezende, e ao chegar ao Piauí promove reflexão sobre a luta pela liberdade de expressão religiosa de 210 mães de Santo. O lançamento de Mulheres de Axé ocorre no próximo sábado (15), na Casa da Cultura de Teresina, a partir das 18h30.

ase

 

 

“O livro valoriza como as mulheres em sociedade machista preconceituosa e marcada pela negação de tudo que pertence a cultura e religiosidade de matriz africana souberam perseverar e manter viva a fé, as tradições, as festas e os ritos”, conta o coordenador do Coletivo de Entidades Negras (CEN), que organiza o evento, Heraldo Alabyodãn de Lissá.

 

O evento conta ainda com o apoio do Fórum Estadual de Religiões de Matriz Africana (Fermapi). No lançamento, a Companhia de Dança Luzia Amélia fará, ainda, a apresentação do espetáculo “Herança”.

 

“Esse é um instrumento para que as novas gerações saibam enfrentar situações semelhantes, para que as mulheres e crianças negras sintam orgulho da sua religião e se espelhem na história de vida dessas mulheres de axé que existem e ainda são pouco conhecidas”, disse o membro da organização.

 

 

image

Participam do lançamento coordenadores dos CENs de outros Estados, autoridades da sociedade civil, além de zeladores de terreiros de Umbanda, Candomblé, Tambor de Mina. A comunidade geral interessada no tema também é convidada a comparecer.

 

“O título tem a trajetória dessas Ialorixás (mães de santo) do candomblé das nações Ketu, Jeje e Angola”, explica Heraldo.

 

Lívio Galeno

liviogaleno@cidadeverde.com

 

Extraído do Site CidadeVerde.com

http://www.cidadeverde.com/casa-da-cultura-recebe-lancamento-do-livro-mulheres-de-axe-confira-155477

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *