Categoria: Colunas

Página que apresenta os diversos colunistas que escrevem no Jornal Awùre.

Nesta seção o Jornal Awùre traz uma seleção dos melhores colunistas que trarão as informações, a cultura, os ensinamentos, os rituais, e todo o escopo da ritualística das religiões afro-brasileiras.

Eles irão abordar assuntos das diversas etnias e asés que compõem o cenário afro-brasileiro, são eles:

  • Ronaldo d´Osun, que irá trazer as mensagens de paz, e irá desvendar os segredos da Umbanda, com a coluna Sagrada Umbanda.
  • OdobiTorogiman d´Ogun, filha da nação Angola, nação que precisa de maior espaço, a fim de perpetuar e decifrar uma nação tão linda.
  • Odé Kileui, radialista e babalorisá, Odé Kileui, dispensa apresentações, pois seu programa na Rádio Tropical-Solimões o credencia para se tornar um dos melhores porta-vozes da nossa cultura iorubá, seu talento natural, ao lado de Vera d´Osogiyan, ainda o torna um dos nossos maiores escritores sobre o assunto.
  • Adriano T´Ogun Adjolá, cultuador de orìsà desde 1993, nação Nagô-Afrosul pela vertente de Cabinda, em Porto Alegre/Rio Grande do Sul. Filho da Iyalorisá Tais de Xapanã Jobiteìú.
  • Marcio d´Jagun, outro radialista e babalorisá, tem em seu programa de rádio, apresentado nas quartas-feiras, na Rádio Metropolitana, cujo nome é ORI, nome que também dá a sua coluna no Awùre.
  • Conceição d´Osàálá ou d´Lissá, Iyalorisá e filha de um dos mais respeitados babalorisá do Djeje, Sr. Antonio da Amaralina, apresenta em sua coluna as informações sobre as políticas públicas para as religiões afro-brasileiras, tendo em vista, que a tônica da intolerância religiosa, racial e sexual são discutidas e apresentadas em sua coluna.
  • Sérgio d´Giyan, editor do Awùre, traz para o povo da Umbanda e do Candomblé, fatos que foram notícia e que marcaram as discussões entre os adeptos da nossa religião. Na coluna Oyés do Candomblé, irá desfazer as dúvidas que muitos adeptos ainda têm sobre os diversos cargos que compõem a hierarquia de cada casa de santo e de cada nação ou asé.
  • Huntó Douglas d´Odé, ogã na casa de Doté Luis de Iansã, sua coluna irá trazer informações, e irá elucidar alguns segredos da nossa cultura afro-brasileira.
  • Gill Sampaio Ominirô, é filiho da saudosa Iyá Nitinha de Osun, Asé Engenho Velho. Cumpriu com suas obrigações rituais no terreiro N. Sra. das Candeias, em Miguel Couto, RJ. É antropólogo e editor da página Ìwé Ìmò – Candomblé sem segredos.
  • Maria Helena Farelli, seu nome a precede, escritora e autora das mais importantes obras e clássicos da nossa cultura, Farelli vai desvendar e apresentar aos leitores o mundo e a magia do povo cigano.
  • Paulo D´Èsù conhecido como Paulo Ganga, é Babalorixá do candomblé nação Ketu com entrega de cuia (deká) por Américo D´ibò, neto de africano (família Gùn), Cabo Verde – África. É omo Ifá por Akin que lhe confere o nome de Ifá Iregun Kobará, cultuado em especial do Orixá Èsù. Conhecedor das Èwè – folhas, cultuador de Ifá e ancestrais, pesquisador da religião do orixá e em particular das Iyá mi Osoronga. Acadêmico do curso de direito pela Universidade Estácio de Sá.
  • Viny D`Logun-Edé, webdesigner do Jornal Awúre e Babalorixá da nação Efan irá mostrar o encanto por dentro do culto aos orixás através de lendas, histórias e informações da cultura afro.

A todos uma boa leitura e aprendizado. Asé!

7 de novembro de 2018 0

Entidades: Saravá, Seu Zé

Por Sérgio D`Giyan

por Pai Rodney — publicado 05/10/2018 18h00, última modificação 05/10/2018 12h28   A malandragem tem seu patrono. Nos morros cariocas ou nas periferias paulistanas, Seu Zé…