Breaking News

Cidade da Luz celebra 19 anos em Pituaçu

Meire Oliveira | Qua, 25/02/2015 às 07:15 | Atualizado em: 25/02/2015 às 09:56

 

Margarida Neide l Ag. A TARDE
Margarida Neide l Ag. A TARDE

 

Culto inter-religioso e apresentações artísticas reuniram centenas de pessoas na sede da instituição

O encontro de seis líderes religiosos marcou a comemoração, na noite de terça-feira, 24, do aniversário de 19 anos da Cidade da Luz e 37 do centro espírita Cavaleiros da Luz. Além do culto inter-religioso, o evento contou com apresentação dos corais Raio de Sol e Cidade da Luz (infantil) e de crianças do Lar Luz do Amanhã, na sede de Pituaçu.

A celebração, presidida pelo espírita José Medrado – fundador da instituição que atende mais de 200 mil pessoas por ano na capital baiana -, reuniu também colaboradores, beneficiados e admiradores do trabalho realizado pela entidade.

“Trabalhamos seguindo a demanda da sociedade. Percebemos que a necessidade tem sido menos religiosa e mais voltada para a busca da evolução pessoal. Por isso celebramos com representantes de várias denominações pelo propósito de melhorar o mundo”, avaliou José Medrado.

“É uma forma de proferir a nossa fé, agradecer as ações realizadas aqui”, disse  o padre Luís Simões, da paróquia N. Sra. da Vitória, que já participa do ato há três anos.

O rabino Uri Lam lembrou da importância de praticar a paz: “Deus aprova um local onde  pessoas são acolhidas e assistidas. Serve de exemplo, ajuda a consertar o mundo e indicar o caminho da paz”.

O combate à intolerância religiosa foi destacado pela ialorixá Jaciara Ribeiro dos Santos, do Ilê Axé Abassá de Ogum. “Deve partir dos líderes religiosos a convivência entre as religiões. É a forma de acabar com a violência”, afirmou.

O propósito da prática da caridade une as denominações religiosas, segundo o pastor da Igreja Presbiteriana do Salvador. “Essa unidade é necessária para o trabalho em conjunto com o objetivo de servir ao próximo sem preconceitos”.

O trabalho social também é considerado prioridade pelo sheik nigeriano Abdul Hameed Ahmad,  coordenador do Centro Cultural Islâmico da Bahia: “Uma religião sem um trabalho social não é completa. É a finalidade de todas elas e a necessidade do mundo”.

 

Complexo

Fundado em 1996, o complexo Cidade da Luz é formado pelo abrigo Lar Luz do Amanhã, o ambulatório odontomédico, a escola Carlos Murion e o centro espírita Cavaleiros da Luz. Entidade ainda mantém núcleo assistencial no bairro do Uruguai.

 

 

Extraído do site do Jornal A Tarde
http://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/noticias/1662494-cidade-da-luz-celebra-19-anos-em-pituacu

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *