Breaking News

COMPPIR e Núcleo de Cultura promovem exposição no Hall da Casa de Cultura

em » 07/05/2015 | 14h59

A Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial – COMPPPIR promove, em parceria com o Núcleo Municipal da Cultura, a Exposição “ORIXÁS” da artista plástica Djalmira de Freitas Rosa – Deja Rosa – que acontece no próximo dia 12 de maio, às 19h, no Hall da “Casa de Cultura Paulo Salzano Vieira da Cunha”.

Segundo a Coordenadora da COMPPPIR, Ana Lúcia Falcão, “a atividade proposta, engloba o eixo/diretriz Religião de Matriz Africana, sistematizado no ano de 2014 com a realização da I Plenária Municipal do Povo de Terreiro. É um momento de reflexão e aprendizado para todos, sendo uma alegria oportunizar a “Exposição Orixás” para os cachoeirenses”. A Diretora do Núcleo Municipal de Cultura, Cláudia Frey Scarparo, ao  receber a proposição de parceria da COMPPPIR, pontuou que “está empenhada em fomentar atividades que edifiquem e promovam a cultura em sua totalidade”.

APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS

Depois de passear por várias cidades do estado, o Show Um passeio pela Música Brasileira modela-se  e  chega a Cachoeira do Sul para embalar a Exposição “Orixás”, de Deja Rosa. O repertório, clássicos da música negra, inspirados nas cantoras que fizeram história no cenário e a valorizações dos Cânticos Religiosos.

A cantora Deborah Rosa (filha da Artista Plástica Deja Rosa) se aventura nesta troca de energia na companhia dos músicos Daniel Rosa (filho da Artista Plástica Deja Rosa), Ricardo Vivian e Diego Ciocari, de POA.

A atividade contará também com a apresentação artística da cantora Évelim Falcão e do músico Toni Andrade de Cachoeira do Sul.

Participarão ainda da mística de acolhida a ativista do Movimento Negro, Maria Eloá dos Santos e do Babalorixá Fábio Comparim.

 

 

Extraído do site da Rádio Fandando / Cachoeira do Sul-RS
http://www.radiofandango.com.br/archive/valor.php?noticia=40011

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *