Breaking News

Delegacia de crimes raciais e delitos de intolerância deve funcionar em dois meses no Rio

 

 01:48 Direitos Humanos,Notícias 10/08/2017 – 10h58 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

A nova delegacia especializada em Crimes Raciais e Delitos de Intolerância deve começar a funcionar em até dois meses no Rio de Janeiro.

 

Nesta semana, o secretário de Direitos Humanos, Átila Nunes, se reuniu com o chefe da Polícia Civil, Carlos Augusto Lebba, para definir o local da delegacia e a equipe que vai ser deslocada para atender vítimas de crimes de intolerância religiosa, racismo, LGBTfobia e xenofobia.

 

Segundo o secretário de Direitos Humanos, o local de funcionamento da delegacia ainda não foi definido, mas estuda-se a possibilidade de ser na zona sul da capital fluminense. Na região, segundo o secretário, há disponibilidade de equipamentos públicos.

O secretário de Direitos Humanos ressaltou a importância da unidade especializada e lembrou que, somente na semana passada, aconteceram ao menos três casos graves de intolerância na cidade do Rio de Janeiro. Na semana anterior, somente a Casa do Mago, centro espiritualista tradicional do Rio, sofreu dois ataques. Outro caso aconteceu em Copacabana, quando um refugiado sírio foi vítima de xenofobia.

 

Extraído do site institucional da Agência EBC / Brasília – DF
http://radioagencianacional.ebc.com.br/direitos-humanos/audio/2017-08/delegacia-de-crimes-raciais-e-delitos-de-intolerancia-deve-funcionar

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *