Breaking News

DIA DAS MÃES: Livro resgata trajetória da sacerdotisa Equede Sinha e do terreiro Casa Branca

 

‘Equede – a Mãe de todos’ conta história de Gersonice Azevedo Brandão, uma das principais sacerdotisas do Ilé Àṣẹ Ìyá Nasò Oká. Evento organizado pelo Grupo Ìkórítá traz apresentação do Afoxé Ilú Egbá

por Redação RBA publicado 06/05/2016 12:37

DADÁ JAQUES/DIVULGAÇÃO Obra também trata da importância de mães e mulheres negras na formação da cultura e identidade afro-brasileiras
DADÁ JAQUES/DIVULGAÇÃO
Obra também trata da importância de mães e mulheres negras na formação da cultura e identidade afro-brasileiras

Na semana em que se comemora o dia das mães, a Editora Barabô lança o livro Equede – A Mãe de Todos nesta sexta-feira (6) das 19h30 às 22h na Biblioteca Mário de Andrade, no Centro de São Paulo. A obra é um testemunho de Gersonice Azevedo Brandão, nacionalmente conhecida como Equede Sinha, uma das principais sacerdotisas do Ilé Àṣẹ Ìyá Nasò Oká, “a venerável Casa Branca do Engenho Velho”, em Salvador. Fundado em 1830 na capital baiana, o terreiro é a primeira casa de Candomblé oficial no Brasil.

Na religião de origem africana, “equede” é a função de quem concentra os poderes maternais do acolhimento, do zelo e da educação. A palavra com origem no yorubá, “èkejì”, representa a função do braço direito da mãe de santo, aquela que zela tanto pelos orixás quanto pelos seus filhos. “Eu sou uma equede. E uma equede é uma mãe. Então, não me vejo em outra função dentro do axé. Porque eu sou mãe. E não sei mais separar a mãe genética da mãe religiosa”, afirma Equede Sinha no livro organizado por Alexandre Lyrio e Dadá Jaques.

Em 172 páginas, Equede – A Mãe de Todos traz histórias inéditas e mais de 200 fotos, tanto do acervo pessoal da autora e da Casa Branca, quanto dos fotógrafos Dadá Jaques, Flávio Damm e da Fundação Pierre Verger. Além da história de resistência da própria autora, o relato de Sinha apresenta ao leitor o universo de um dos mais famosos terreiros de candomblé nagô do país e a trajetória de mães e mulheres negras na formação da cultura e identidade afro-brasileiras.

O lançamento do livro contará com a presença da escritora e com apresentação do Afoxé Ilú Egbá. O evento é organizado pelo Grupo Ìkórítá, formado por adeptos do Candomblé que se unem para o enfrentamento e combate à intolerância religiosa contra as religiões afro-brasileiras e de matriz africana.

421c06a0-ccee-4601-91c2-f59dc35cb753Lançamento de Equede – A Mãe de Todos
Quando: Sexta-feira, 6 de maio, das 19h30 às 22h
Onde: Biblioteca Mário de Andrade
Rua da Consolação, 94, São Paulo (SP)
Quanto: evento gratuito
Preço do livro: R$ 150,00
Realização: Grupo Ìkórítá
Apoio: Prefeitura Municipal de São Paulo, Deputada Leci Brandão, Biblioteca Mário de Andrade, B.L Produções, Ìwé Ìmọ̀ – Candomblé sem Segredos e Cavalo Marinho Audiovisual

 

 

Extraído da versão digital da Revista RBA
http://www.redebrasilatual.com.br/entretenimento/2016/05/livro-resgata-trajetoria-de-equede-sinha-e-do-terreiro-casa-branca-6537.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *