Breaking News

Dida Afro presta homenagem a Nelson Mandela, na edição de Maio, dias 20 e 21

 

O Dida, aberto em dezembro de 2015, se tornou referência de sabor e tradição, na Praça da Bandeira. No cardápio, sugestões que passeiam de petiscos, entradinhas e pratos principais, Mas há um diferencial com seus quitutes. Dida dá atenção à sua ancestralidade. Realiza o encontro Dida Afro, que acontece sempre na terceira semana de cada mês – sábado e domingo. Tem o intuito de realizar uma grande invasão afro no Rio. E a cada edição um pais africano é homenageado. E no mês de Maio, a estrela é a África do Sul, com sugestões incríveis e a homenagem se estende ao seu maior líder – Nelson Mandela, que ganha todas as honras com a apresentação dos seus pratos prediletos.

O kombo é apresentado da seguinte forma: Entrada + Prato Principal + Sobremesa. Por R$ 49,00 / individual.

Para começar e aguçar o apaladar, as entradinhas ficam por conta da Amadnumbe. Consiste em um purê de batata-doce e amendoim. Uma variação requintada com a batata doce macerada com manteiga, salpicada com amendoins torrados e regado com um fio de mel. E Berinjela Vegetariana.

O Prato Principal ganha 2 opões de escolha:

Opção 1 – Bobotie – é um prato saboroso típico da culinária da África do Sul, mais especificamente da tradição dos malaios-do-cabo, composto por uma combinação de carne bovina e suína moídas cozidas com caril e temperos doces e assada no forno com uma cobertura de ovos batidos com leite. Acompanhado: arroz com açafrão e uvas passa. É um prato tão popular que a Liga das Mulheres da ONU escolheu como “prato nacional da África do Sul”

Opção 2 –Chakalaka –  também tradicional da África do Sul. Consiste em um molho levemente apimentado com cenoura e feijão branco em sua composição, assim como pimentões coloridos (amarelo, vermelho e verde), cebola, alho, tomates e curry. Será servido com a costela assada (especialidade da casa). Acompanhado: arroz com açafrão.  

De sobremesa, um clássico africano – Malva Pudding. De textura que lembra um bolo de chocolate molhadinho, o doce não leva chocolate e sim uma geleia de damasco, resultando em um sabor bem diferente, ganha ainda um toque especial: é servido com creme de leite. É ou não é para fechar com chave de ouro?

 

Dida ainda reserva uma surpresa, com opções de vinhos africanos. A África do Sul é tradicionalmente um país com excelentes vinícolas. Ou seja uma verdadeira incursão à novos sabores.   

Prato: Bobotie

 

Afro Dida – dias 20 e 21 (sábado e domingo) de Maio

Dida Bar e Restaurante 

Rua Barão de Iguatemi, 408 / Praça da Bandeira
Telefone: 2504 0841

Aberto: terça e quarta, das 16h até 0h / quinta, sexta e sábado: das 12h até 0h e domingo, das 12h até 20h

Formas de Pagamento: Cartões de débito: Visa e Mastercard
Cartão de Credito: Visa e Mastercard / Ticket Restaurante / Sodexo / Alelo
Capacidade: 40 lugares

Fotos de Agência Boxis 

Fonte: Release ASCOM

 

Rozangela Silva
Sócia Diretora
Bi & Ro Assessoria de Comunicação 
Telefone: 21 2508 6245 / 21 3026 7242
Celular: 21 99998 1802
Endereço: Av. Rio Branco, 120 / Sala 608 Centro – RJ

 

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *