Breaking News

Divulgada lista de entidade habilitadas a compor o Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial

PDF Imprimir
Seg, 30 de Maio de 2016 18:27
A Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Promoção da Igualdade Racial (CEPPIR) divulga a lista das entidades da sociedade civil habilitadas na primeira fase do processo eleitoral para compor o Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (COEPIR).

O processo de eleição foi iniciado por meio de edital divulgado no Diário Oficial do Estado no último dia 8 de abril com prazo de 20 dias úteis para as entidades da sociedade civil se candidatarem. De acordo com as representações previstas na lei 15.953 de 14/01/2016, que cria o COEPIR, o prazo foi encerrado no dia 9 de maio deste ano.

Após o encerramento das inscrições e análise das candidaturas pela Comissão Eleitoral, a CEPPIR faz saber os nomes das entidades representativas habilitadas, bem como as convoca para o processo de votação que será realizado nesta terça-feira (31), às 14 horas, no auditório do Gabinete do Governador situado na Av. Barão de Stuart, 505 – Meireles.

1. Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro­brasileira (Unilab), através do Núcleo de Promoção da Igualdade Racial Kabengele Munanga (NPIR) e Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Relação Étnico­raciais Movimentos Sociais e Educação (N’UMBUNTU)

2. Central Única dos Trabalhadores (CUT)

3. Instituto de Difusão da Cultura Afro­brasileira (Indica)

4. Grupo de Valorização Negra do Cariri (Grunec)

5. Associação de Negras e Negros Anastácia (ANNA)

6. Centro de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos da Arquidiocese de Fortaleza (CDPDH)

7. Associação Comunitária dos Remanescentes de Quilombo Rural de Batoque

8. Associação da Comunidade Remanescente de Quilombo de Serra Juá

9. Organização Mãe Terra Pitaguary

10. Associação Cultural de Preservação do Patrimônio Bantu (Acbantu)

11. Associação Afro Brasileira de Cultura ALAGBA

12. Associação Cultural Afro Brasileiro Pai Luiz de Aruanda (ACPLA)

13. Centro Espírita Universalista Reis Tupinambá (CEURT)

14. Associação das Comunidades dos Índios Tapeba de Caucaia

15. Instituto Nacional Afro Origem (INAO)

30.05.2016

Luciane Reis
Assessoria de Imprensa da Cojuv
idt.luciane.reis@gabgov.ce.gov.br / 3133.3737 / 99961.6162

 

 

Extraído do portal de informações do Governo do Estado do Ceará / Fortaleza – CE
http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/16798-divulgada-lista-de-entidade-habilitadas-a-compor-o-conselho-estadual-de-promocao-da-igualdade-racial

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *