Breaking News

Em Salvador, Marcha para Satanás sairá do Rio Vermelho

Evento ocorre no próximo domingo (15)

naom_569906c52dd14DR
BRASIL PRÓXIMO DOMINGOHÁ 12 HORASPOR NOTÍCIAS AO MINUTO

O próximo domingo (17) será marcado no Brasil por um movimento curioso: a Marcha para Satanás. Não se trata de nenhum tipo de culto em adoração ao diabo, mas uma maneira irônica de protesto contra a bancada evangélica do Congresso Nacional.

Entre os itens aos quais os organizadores se dizem contra estão: ampliação da isenção de impostos perante as igrejas, intervenção de grupos religiosos no âmbito do STF e modificações na Lei de Atendimento de Vítimas de Violência Sexual, entre outros.

O evento ocorrerá nas seguintes cidades: Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Vitória, Aracajú, Campinas (SP), Maceió, Fortaleza, Sorocaba (SP), Curitiba, Brasília, Goiânia e São Carlos (SP).

Em Salvador, a partida será na Dinda, no Rio Vermelho.

 

Extraído do site de notícias português Notícias ao Minuto
http://www.noticiasaominuto.com.br/brasil/177297/em-salvador-marcha-para-satanas-saira-do-rio-vermelho

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *