Breaking News

Encosta desliza e terra danifica parte de terreiro de candomblé em Salvador

Situação aconteceu no bairro de Cidade Nova neste sábado (16).
Ninguém ficou ferido; quatro casas no local foram condenadas.

Do G1 BA, com informações da TV Bahia | 16/05/2015 14h31 – Atualizado em 16/05/2015 14h31

 

4185908_x360

 

A terra deslizou e atingiu um terreiro de candomblé no bairro de Cidade Nova, em Salvador, neste sábado (16), e construções correm risco de desabar. Os filhos de santo contam que precisaram sair às pressas, de madrugada, e perderam quase tudo. Com o deslizamento, os trabalhos religiosos, que comemorariam 17 anos do espaço, tiveram que ser interrompidos. Quatro casas estão ameaçadas e foram condenadas pela efesa Civil de Salvador (Codesal).

“A gente não perdeu a fé. A nossa fé permanece. Somos sólidos na fé. Eu só quero a justiça dos homens, porque a do orixá eu tenho todo o dia. Façam encostas. Não permitam que vidas que ainda estão correndo riscos sejam soterradas”, desabafa a Yarolixá Sarita de Oyá.

A dona de casa Zeni Queirós afirma que não consegue dormir porque o imóvel em que mora com o marido e os dois filhos, que fica perto do terreiro, está ameaçado. “Eu não tenho para onde ir. Minha família mora toda em Vitória da Conquista, eu não tenho parente aqui não. Minha mãe faz tratamento de depressão. Se eu contar a ela, ela vai ficar muito preocupada”, lamenta a moradora.

As pessoas que tiveram as casas condenadas pela Defesa Civil e não tem pra onde ir devem procurar a Secretaria Municipal de Promoção Social, que providencia abrigo e cadastra as famílias para receber o aluguel social. A sede fica na Rua Miguel Calmon, número 28, no bairro do Comércio.

Deslizamentos de terra
Mais de 100 pedidos de emergência foram registrados na Defesa Civil de Salvador até o início da tarde deste sábado (16). Do total, quase a metade (46) é de deslizamento de terras – um deles foi no bairro de Cidade Nova. Não houve feridos. A manhã foi de trabalho na sede da Vigilância Sanitária Municipal, na Avenida Vasco da Gama, para a retirada de galhos de árvores que caíram nos fundos do prédio. No local, foi registrado um pequeno deslizamento de terra, mas sem prejuízos.

Alagamento no bairro do Uruguai, na Cidade Baixa, em Salvador (Foto: Simone Cardoso/Arquivo Pessoal)
Alagamento no bairro do Uruguai, na Cidade Baixa,
em Salvador (Foto: Simone Cardoso/Arquivo
Pessoal)

Previsão do tempo
De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo deve permanecer encoberto a nublado com chuva. A temperatura deve variar entre 21ºC a 26ºC.​​​​​​

Foram sete alagamentos de imóvel, 21 ameaças de desabamentos de imóvel, seis ameaças de deslizamento de terra, cinco ameaças de queda de árvore, três árvores caídas, duas avaliações de área, duas avaliações de imóvel alagado, dois desabamentos de imóvel, um desabamento de muro, três desabamentos parciais, um destelhamento e três infiltrações. A Codesal permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

De acordo com o metereologista Heráclio Alves, a chuva que atinge Salvador é provocada por frente fria que saiu do sul do país e que passa pelo litoral do sudeste em direção ao oceano, intensificando ventos e trazendo umidade para o recôncavo baiano e o litoral sul do estado. Segundo o Inema, a temperatura mínima deve ficar em 24ºC, enquanto a máxima não passa dos 29ºC.

Eventos cancelados
A única apresentação do espetáculo “Fora da Ordem”, encenado pelo ator Lelo Filho, foi adiada por causa do tempo chuvoso, em Camaçari, na região metropolitana de Salvador. A peça que aconteceria neste sábado (16), às 20h, no Teatro Cidade do Saber (TCS), terá uma nova data que já está sendo negociada.

A Feira da Cidade que aconteceria sábado (16) e domingo (17), na Avenida Centenário, foi cancelada. De acordo com a organização do evento, a decisão foi tomada depois do alerta feito pela Desefa Civil, na tarde de quinta-feira (14), de que o tempo continuará chuvoso até domingo (17). O início da segunda temporada da Feira da Cidade acontecerá nos dias 23 e 24, na Avenida Centenário, e a segunda edição permanece nos dias 30 e 31, no bairro do Imbuí.

Alagamento no bairro do Uruguai, na Cidade Baixa, em Salvador (Foto: Simone Cardoso/Arquivo Pessoal)
Alagamento no bairro do Uruguai, na Cidade Baixa,
em Salvador (Foto: Simone Cardoso/Arquivo
Pessoal)

 

Alagamento afeta passagem de veículos na área do estádio Barradão, no bairro de Canabrava, em Salvador (Foto: Renan Pinheiro/TV Bahia)
Alagamento afeta passagem de veículos na área do estádio Barradão, no bairro de Canabrava, em Salvador (Foto: Renan Pinheiro/TV Bahia)

 

Extraído do portal de notícias G1 / Salvador – BA
http://g1.globo.com/bahia/noticia/2015/05/encosta-desliza-e-terra-danifica-parte-de-terreiro-de-candomble-em-salvador.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *