Breaking News

Especialistas em previsões apostam na vitória de Marcelo Crivella

Na tentativa de adivinhar o futuro, o DIA buscou cinco especialistas em previsões para tentar descobrir, o resultado que sairá das urnas eletrônicas daqui a uma semana

23/10/2016 12:00:00

CAIO BARBOSA

Rio – Quem vencerá a eleição no próximo domingo? Como será o ano de 2017 no Rio de Janeiro? O que será o amanhã? Responda quem puder. Na tentativa de adivinhar o futuro, o DIA buscou cinco especialistas em previsões para tentar descobrir, mais do que as pesquisas feitas por estatísticos, o resultado que sairá das urnas eletrônicas daqui a uma semana.

Confira a previsão dos astros para os candidatos à prefeitura do RioAFP
Confira a previsão dos astros para os candidatos à prefeitura do RioAFP

O Mago Ubirajara Pinheiro, os astrólogos João Bidu e Bárbara Burgos, a astróloga Adriana Kastrup, além de Pai Renato de Oxalá creem que a vitória será mesmo do candidato Marcelo Crivella (PRB).

A vida do candidato do PRB como prefeito, no entanto, não será fácil. O ano de 2017 ainda será de muita dificuldade para o Rio de Janeiro, com sérios problemas sobretudo nas áreas de saúde, educação e segurança. A conferir.
O que os astros reservam para Crivella

MAGO

Vidente responsável pela enigmática e imponente Casa do Mago, no Humaitá, Ubirajara Pinheiro, o Pai Mago, diz que Crivella será o vencedor da eleição, mas de forma apertada, e não com a vantagem apontada nas últimas pesquisas. Segundo Pai Mago, todas as energias conspiram a favor de Crivella, mesmo o candidato não acreditando nelas. “Não é o melhor para o Rio, mas vai ganhar. Não acho correto misturar política com religião. Eu não me candidataria nem a lixeiro. Mas cada um sabe de si”, diz Pai Mago.

ASTROLOGIA

A astróloga Bárbara Burgos não crava o resultado da eleição, diferentemente de seus colegas, mas diz que a tendência é pela vitória de Crivella. “Ele possui trânsito muito positivo de Júpiter (o Justiceiro) colado em seu Sol durante boa parte de 2017, o que aumenta a sua visibilidade e também seu ego e autoconfiança. Mas há um aspecto bastante aflito de Plutão, o Rei do Submundo, tocando este mesmo Sol, o que torna óbvia a necessidade de Crivella extirpar partes da personalidade dele que estão obsoletas, regenerar-se, e principalmente, aprender a ceder, o que inclui mudanças em algumas crenças arraigadas”, explica Bárbara Burgos.

A astróloga diz também que o prefeito sofrerá enormes cobranças. “Talvez maiores do que jamais vistas, mas enxugar é a palavra de ordem com Saturno. Assistiremos a este movimento até pelo menos dezembro de 2017. A boa notícia é que Netuno, planeta que auxiliou no escoamento e na dissolução dos nossos recursos financeiros, finalmente deixa de fazer trânsitos aflitos a planetas importantes para a cidade. Também por conta disso não prevejo enchentes.”

Para o astrólogo João Bidu, como Crivella é do signo de Libra, seu governo seria conciliador, inimigo de brigas. “Mas vejo um probleminha: ao assumir uma prefeitura, que como toda a parte pública do Brasil enfrenta problemas de receita, eu não sei como ele vai lidar com esses problemas sérios. Nesse aspecto, o Freixo teria mais coragem, mas do jeito de Áries, que na ânsia de fazer algo mais rápido possível acaba tomando decisões precipitadas. No primeiro ano, Crivella prometeria mais harmonia, alegria, amizade, senso de justiça mais apurado. Freixo prometeria muita ação, muito esporte, com a carga da pessoa de Áries que ‘quem sabe faz a hora e não espera acontecer’. É isso o que eu vejo para cada um”, diz João Bidu.

BÚZIOS

Pai Renato de Oxalá diz que Crivella vencerá as eleições por ser “um cara mais do povo” que Freixo, e não vê nenhum tipo de conflito entre o candidato do PRB e as religiões de matriz africana ou a Igreja Católica. “O Crivella não aparece para mim como uma pessoa má”, diz Pai Renato de Oxalá.

TARÔ

A taróloga Adriana Kastrup diz que o candidato do PRB vence as eleições, segundo as cartas, “por falta de melhores opções”, mesmo tendo sido disputada por outros 10 candidatos com propostas distintas. “Teremos um número recorde de votos brancos e nulos. E Crivella será eleito por ser mais conhecido. Mas 2017 será um caos. Em âmbito nacional, o Lula será preso. Ou morrerá. No Rio, Crivella terá de fazer das tripas coração para realizar tudo o que prometeu. Será um ano mal-criado para o Rio. Vamos sofrer muito, sobretudo com a violência”, diz.

O que os astros reservam para Freixo 

MAGO

Ubirajara Pinheiro diz que não é o momento de Marcelo Freixo se eleger para um cargo executivo. “Não é chegada a hora de Freixo. Além disso, o discurso em defesa dos gays, homossexuais de uma forma geral, bem como a questão de discutir uma nova política de drogas foi colocada num momento energeticamente ruim para ele. Isto prejudicou sua candidatura”, diz Pai Mago, que acredita numa recuperação econômica no Rio em 2017. “O ano vai começar mal, mas a partir do mês de abril a gente vai começar a sentir os efeitos da mudança”.

ASTROLOGIA

Para Bárbara Burgos, Freixo, assim como Crivella, também está com Júpiter em contato com o Sol, mas em uma posição diferente da do candidato do PRB. “Ele se mostra um oposicionista ferrenho, tendo inclusive que dosar o volume para não pecar pelo exagero. Urano, o planeta da liberdade e do pensamento progressista, está em conjunção ao Sol dele, e é muito importante que, ainda que ele esteja em uma posição de oposição e não no poder, medir os seus atos, pois ele ficará ainda mais conhecido por suas ideias inovadoras. Mas levado a um extremo, Urano pode ser bastante imprevisível e irascível”, explica a astróloga.

Para João Bidu, Marcelo Freixo, do signo de Áries, apesar de ser uma pessoa entusiasmada, intensa, que adora fazer, é um pouco precipitado. “Em termos eleitorais, sendo as eleições realizadas no dia 30 de outubro, sol em Escorpião não é nada positivo, pois Escorpião representa a oitava casa astral de Áries. Essa casa astral, embora dê a oportunidade de a pessoa se reciclar, ressurgir como uma Fênix, a oitava casa astral sempre fala em perdas e obstáculos”, explica.

BÚZIOS

Pai Renato de Oxalá diz que Marcelo Freixo não conseguiu emplacar como candidato popular, diferentemente de Crivella. “Marcelo Freixo é um bom candidato, sem dúvida. Mas não foi o momento dele. Quem sabe numa próxima oportunidade. As energias não convergiram para a sua vitória. 2016, definitivamente, não era um ano bom para ele”, diz. O vidente diz também que 2017 continuará sendo um ano de muitas dificuldades para o país. “O Brasil não vai se recuperar na parte econômica. O ano que vem ainda será de muitos problemas, muita crise e sofrimento. E o Rio vai demorar ainda mais a superar os problemas, sobretudo em saúde e educação. Muita coisa ruim há de aparecer na saúde. Não vai ser fácil. Os cariocas têm de se preparar para o pior”, garante.

TARÔ

Adriana Kastrup diz que as cartas do tarô mostram que muita gente ainda desconfia da capacidade de Freixo administrar a cidade e que o candidato demorou a conquistar a confiança do eleitor. “Mas ele se transformará na grande estrela, no grande personagem da política em 2017 pela capacidade que demonstrará na oposição ao governo de Marcelo Crivella. Freixo estará permanentemente no centro das atenções por ter se firmado como líder de uma turma que pretende fazer política de forma diferente”, diz Adriana. Para ela, o grande perdedor da eleição, no entanto, foi o prefeito Eduardo Paes. “Ele conseguiu fazer uma confusão desnecessária nesta eleição e alcançou a façanha de não eleger seu sucessor graças ao seu ego, que é muito grande”, explica.

 

Extraído do site do Jornal O Dia online / Rio de Janeiro – RJ
http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2016-10-23/especialistas-em-previsoes-apostam-na-vitoria-de-marcelo-crivella.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *