Breaking News

Espetáculo premiado é cartaz amanhã

QUI, 26 DE NOVEMBRO DE 2015 00:00

A peça destaca os festejos populares e os rituais celebrados em terreiros / Foto: Divulgação
A peça destaca os festejos populares e os rituais celebrados em terreiros / Foto: Divulgação

 

O premiado espetáculo “Curra – Temperos Sobre Medéia”, do grupo Contadores de Mentira, de Suzano, será encenado amanhã (27), às 20 horas, no Centro Cultural de Mogi das Cruzes. A apresentação gratuita faz parte da programação do 3º Festival de Culturas Negras.

A peça bebe nas fontes do teatro oriental, dos festejos populares, das danças rituais e dos rituais orixás do Candomblé. O espetáculo é tratado como um terreiro, uma celebração que convida o público para experimentações sensoriais e gustativas.

Durante toda a encenação um banquete é preparado e servido à plateia, regado a vinho e cachaça. Este embebedar e a gula antropofágica ritualizam a encenação.

Os cheiros, o batuque alucinógeno, a comida servida cria um ambiente festivo para celebração do mito de Medéia. Assim como no candomblé, os atores estão a serviço de um Orixá e de um teatro de celebração. Estão lá como ofício da fé e da representação, o ponto de ligação entre a cultura grega e seus rituais.

O elenco é formado por Arnaldo dos Anjos, Cleiton Pereira, Daniele Santana, Jô Freitas, Narany Mireya, Soraia Amorim e Samuel Vital.

O Centro Cultural de Mogi das Cruzes está localizado à Praça Monsenhor Roque Pinto, 360 – Centro Histórico.

 

Extraído do site do Jornal O Diário de Mogi / Mogi das Cruzes – SP
http://odiariodemogi.inf.br/caderno-a/caderno-a/32655-espetaculo-premiado-e-cartaz-amanha.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *