Breaking News

Estamos em missão, no Rio de Janeiro, pelos caminhos de Celebração da Herança Africana.

Por Arísia Barros 30/07/2017 às 15:12 Raízes da África

 

Reconhecer a rota, resistência e as invenções/transformações realizadas  pelo povo preto.Invenções que sobrevivem, em alguns territórios do Rio de Janeiro, graças  a intervenção e trabalho de ativistas e pesquisador@s é parte da missão da delegação de Alagoas, ao Rio de Janeiro.
Em sua segunda edição, a  viagem missão tem como objetivo dialogar e vivenciar “in loco” a experiência da Incubadora Afro Brasileira, buscando  o desenvolvimento de empreendimentos de base econômica, agregados ao valor étnico para implementação no estado de  Alagoas.
A delegação é constituída da coordenadora do  Instituto Raízes de Áfricas,Arísia Barros, que  como movimento social propôs a ação ao Governo do Estado, que está representado   pela secretária de gestão executiva da Sedetur, Emily Pacheco.

A assessora Larissa da SEDETUR  acompanha a missão.
De sexta-feira, 28/07 a domingo, 30/07, a delegação de Alagoas percorreu pontos estratégicos, como o Porto da Maravilha, Cais de Valongo e várias vias do Centro Histórico do Rio.
Sob a coordenação de Giovanni Harvey, fundador da Incubadora Afro Brasileira, a missão foi a resposta do Estado de Alagoas visando  sedimentar aspectos do conhecimento duscutidos  na 1ª missão, em novembro de 2016,como também estabelecer as ferramentas institucionais para os ajustes e adequação  do projeto a realidade local.  
O trajeto da 2ª  Missão no Rio de Janeiro está focado em aspectos mais técnicos, sob a supervisão estatal da Secretária Emilly Pacheco: ” O projeto é fantástico. Alagoas só tem a ganhar com esse trabalho. Vamos realizar uma pesquisa acurada, para ,no mais curto espaço de tempo. possamos começar com a ação concreta, em solo alagoano.”
Giovanni Harvey afirma que o Estado de Alagoas, a partir da transferência das experiências, dará corpo aos diálogos que vem sendo travados a cerca de dois anos.
Arísia Barros, acrescenta, que : “Aos poucos, avançamos.” 

 

Extraído do site Cada Minuto / Maceió – AL
http://www.cadaminuto.com.br/noticia/307577/2017/07/30/estamos-em-missao-no-rio-de-janeiro-pelos-caminhos-de-celebracao-da-heranca-africana

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *