Breaking News

Evento internacional sobre Dança Afro reúne pesquisadores e mestres de percussão

07/01/2016 – 15h03

Oficinas acontecerão na Escola de Dança
Oficinas acontecerão na Escola de Dança

De 11 a 29 de janeiro, o projeto Dança Afro: Corpo, Ritmo e Ritual em Estudo realiza uma série de oficinas gratuitas no Teatro Experimental da Escola de Dança da UFBA – campus de Ondina. Idealizado pela dançarina de Mandinke (tradição do oeste da África) e terapeuta alemã Stephanie Bangoura, o projeto reunirá pesquisadores, professores e mestres de percussão da Alemanha, África, Brasil e Argentina.

A abordagem teórica e prática do projeto gira em torno de discussões sobre como traduzir as danças africanas para a sala de aula, revitalizando seus fundamentos voltados para os aspectos sociais, ritualísticos e terapêuticos e contribuindo na descolonização das danças africanas – que hoje são praticadas, em sua maioria, em shows folclóricos ou em academias de fitness.

Uma das atrações do evento será o grupo afro-alemão Bangoura Group, que apresenta em seu trabalho momentos referenciados em mitos e arquétipos, exercícios de percussão corporal, dinâmicas com voz e canto, rodas de conversa e feedback. O projeto contará com a participação especial de dois mestres africanos – Mohamed Sylla (Guine Conakry) e Dramane Daho (Burkina Faso).

Os músicos e a música ao vivo têm importância central nesse processo, interagindo a todo momento com os participantes, potencializando a energia criativa, propondo desafios e motivando a coragem e a singularidade de cada pessoa dentro do grupo. Todo o processo de aprendizagem será registrado em um DVD.

As aulas começam nesta segunda-feira (11/01), às 15 horas, num ritual performático interativo com a participação dos alunos de Stephanie Bangoura, Mohamed Sylla (Guine Conakry), Verônica de Moraes (Minas Gerais), Kinho Santos (Bahia), Jorgina Oliva (Argentina) e convidados. Para mais detalhes e inscrições, acesse o site www.dancaafro.com.

 

Extraído do site da UFBA – Universidade Federal da Bahia / Salvador – BA
https://www.ufba.br/noticias/evento-internacional-sobre-dan%C3%A7a-afro-re%C3%BAne-pesquisadores-e-mestres-de-percuss%C3%A3o

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *