Breaking News

Eventos marcam comemoração ao mês da Consciência Negra na Bahia

Programação terá com espetáculos de música, dança, teatro e exposições. Apresentações acontecem em espaços culturais de Salvador e do interior.

Do G1 BA | 29/10/2015 19h44 - Atualizado em 29/10/2015 19h49    
 Espaço Cultural dos Alagados, onde também terá programação (Foto: Divulgação)

Espaço Cultural dos Alagados, onde também terá
programação (Foto: Divulgação)
Em comemoração o Dia da Consciência Negra, festejado no dia 20 de novembro, os espaços culturais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) promovem uma programação especial com espetáculos de música, dança, teatro, mostras, exposições e encontros voltados para temáticas de ações afirmativas para a comunidade negra em Salvador e no interior da Bahia durante o mês de novembro. O G1 listou as ações divulgadas até o momento. Para mais informações, acesse o site dos espaços culturais da SecultBA. Veja abaixo:     Centro de Cultural de Alagoinhas Nos dias 1, 2, 3,13 de novembro, às 15h e no dia 14 às 19h o projeto "Pretos Porque Sim", que expõe fotografias da população negra do início do século XX até a atualidade, seguidos do desfile de indumentárias afro, mostra de dança e bate-papo com lideranças do movimento do município localizado a cerca de 100 km de Salvador. A entrada custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). O espaço também vira palco para os debates do Encontro Cultural Afro Brasileiro, no dia 8, às 9h. Dando continuidade às atividades, o espetáculo "Exu, a Boca do Universo," realizado pelo Núcleo Afro brasileiro de Teatro de Alagoinhas (NATA) terá apresentação no dia 25, às 20h. A entrada é franca. O Centro de Cultura de Guanambi recebe nos dias 06, 07 e 08, às 20h, o espetáculo Pretas Por Ter. O texto de Alberto Damit foi construído a partir de pesquisas sobre o comportamento preconceituoso do negro para com o próprio negro. A narrativa faz uso da comédia como veículo de reflexão. As entradas custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).   Centro de Cultural de Porto Seguro O espaço localizado no sul da Bahia vai sediar o desfile "A Mais Bela Chama da África" no dia 19, às 19h organizado pelo instituto Sociocultural Brasil Chama África. A entrada é franca. Após o desfile, o projeto Kizomba- resistência de um povo, em parceria com o Movimento Negro de Porto Seguro promove dança, música, gastronomia, capoeira, oficinas de turbantes e tranças. A entrada também é franca.   Espaço Cultural Alagadosem Salvador Local recebe o conjunto de Histórias do Grilo Griô, que realizará no dia 18, às 15h, uma roda de leituras e dramatizações de histórias e mitos afro-brasileiros. A entrada é franca. No dia 26, também às 15h, o grupo Contação da Alegria apresenta o "Reconto: Chico Juba, a história de um menino que não aceita o seu cabelo grande e crespo". A entrada é gratuita. Para encerrar o mês o centro promove o Desfile da Beleza Negra de Alagados, no dia 27 às 15h com crianças, adolescentes e jovens, moradores da comunidade de Alagados, que passaram por uma oficina de adornos e penteados afro. A entrada custa R$ 2 (inteira) e R$ 1(meia).   Centro Cultural de Plataforma, em Salvador A mostra de talentos "As Africanidades", da Escola Municipal de Plataforma, comemora o Dia da Consciência Negra com atividades diversas que contemplam diferentes linguagens artísticas, tais como dança, música, teatro e artes visuais. O evento acontecerá dia 20, às 20h, com entrada franca. No dia 24, às 15h o centro promove em parceria com instituições da sociedade civil a mostra Valorização da Cultura Afro, atividade que tem como objetivo valorizar a cultura negra do Subúrbio Ferroviário de Salvador.   Teatro Dona Canô, Santo Amaro O espaço localizado no recôncavo baiano vai virar espaço de debate e reflexão no II Encontro das Crespas & Cacheadas de Santinho. O evento que acontece no dia 29, às 8h, tem como objetivo promover a valorização da mulher negra através de ações como palestra sobre estética negra, debate sobre o papel da mulher negra na sociedade, oficinas de turbante e tranças. A entrada é gratuita.     Extraído do portal de notícias G1 / Bahia http://g1.globo.com/bahia/noticia/2015/10/eventos-marcam-comemoracao-ao-mes-da-consciencia-negra-na-bahia.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *