Breaking News

Exposição ‘Oyá Balé Contra as Intolerâncias’ entra em cartaz

Mostra pode ser vista no Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira.
Evento aborda a participação das mulheres negras na Revolta dos Búzios.

Do G1 BA | 14/09/2015 15h45 – Atualizado em 14/09/2015 15h45

 

A exposição “Oyá Balé Contra as Intolerâncias” entra em cartaz no Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira (Muncab), em Salvador, a partir do dia 16 de setembro, às 19h. A mostra aborda a participação das mulheres negras, descendentes de Iansã, na Revolta dos Búzios e nas lutas diárias.

A exposição propõe reflexão e discussão sobre lutas contemporâneas, como a disciminação racional e intolerância religiosa, bem como a igualdade de gênero e respeito pela dignidade. O projeto é realizado pela Entidade Cultural Cortejo Afro, com patrocínio do “Edital Agosto da Igualdade”, da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia (Sepromi), com apoio do Muncab.

Serviço:
O quê: Exposição Oyá Balé Contra as Intolerâncias.
Quando: Abertura – 16 de setembro de 2015 – 19 horas.
Visitação: 17 de setembro a 18 de outubro de 2015 (terças a domingo – 10h às 16 h).
Onde: MUNCAB – Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira (Rua do Tesouro, s/nº, Centro. Salvador – Bahia).
Realização: Entidade Cultural Cortejo Afro.
Patrocínio: Edital Agosto da Igualdade e SEPROMI – Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia.
Apoio: MUNCAB – Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira.

 

Extraído do portal de notícias G1 / Bahia
http://g1.globo.com/bahia/noticia/2015/09/exposicao-oya-bale-contra-intolerancias-entra-em-cartaz.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *