Breaking News

‘Exu’ da comissão do Salgueiro fala sobre assédio na web: ‘Sempre bom’

‘Quem me dera ter um exu desses’, dizia meme em redes sociais.
Demerson D’Alvaro saiu como destaque na comissão de frente.

Lívia TorresDo G1 Rio

14/02/2016 01h33 – Atualizado em 14/02/2016 02h34

 

 

Demerson D' Alvaro, o exu da comissão de frente do Salgueiro (Foto: Rodrigo Gorosito / G1)
Demerson D’ Alvaro, o exu da comissão de frente do Salgueiro (Foto: Rodrigo Gorosito / G1)

 

Demerson D’ Alvaro saiu à frente da comissão de frente do Salgueiro representando o orixá exu. A performance e a boa forma física do ator chamaram atenção nas redes sociais. Um dos memes dizia: “Quem me dera ter um exu desses.” No desfile das campeãs, neste sábado (13), ele comentou o sucesso na internet.

 

VEJA MAIS FOTOS DO DESFILE

“Assédio é sempre bom. Malhei bastante, durante quatro meses, me preparei e estudei,” contou.

O ator lamentou a quarta colocação do Salgueiro, mas disse que isso “acontece”. A escola da Tijuca ficou entre as primeiras até o fim da apuração, quando perdeu no último quesito, alegorias e adereços, por ter desfilado com um carro apagado – neste sábado, o carro saiu todo aceso.

Terceira a entrar na avenida no desfile das campeãs, a escola apresenta novamente o enredo sobre óperas dos malandros.

Comissão de frente do Salgueiro com 'Exu' (Foto: Rodrigo Gorosito / G1)
Comissão de frente do Salgueiro com ‘Exu’ (Foto: Rodrigo Gorosito / G1)

 

Extraído do portal de notícias G1 – edição especial Carnaval 2016 / Rio de Janeiro – RJ
http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/carnaval/2016/noticia/2016/02/exu-da-comissao-do-salgueiro-fala-sobre-assedio-na-web-sempre-bom.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *