Breaking News

Facebook, Microsoft, Google e Twitter se unem para barrar discurso de ódio na rede

Publicado em Quarta, 01 Junho 2016 18:24

Escrito por Redação Comunique-se

 

Na terça-feira, 31, a Comissão Europeia, braço da União Europeia, anunciou que plataformas como Facebook, Microsoft, Google e Twitter irão seguir um manual de conduta contra o discurso de ódio em suas redes nos 28 países do bloco econômico. A iniciativa da entidade envolve a análise de denúncias em menos de 24 horas e as consecutivas ações para remover ou bloquear o acesso a conteúdos abusivos.

facebook-microsoft-google-e-twitter-se-unem-para-barrar-discurso-de-odio-na-redeIniciativa visa combater mensagens preconceituosas e violentas nas redes (Imagem: Reprodução)A ideia surgiu da tentativa de expandir o controle sob manifestações racistas ou xenófobas para o ambiente digital. Como a maior parte de registros de casos acontece dentro de redes sociais, a união com as empresas se tornou um caminho natural. A cartilha foi criada para evitar que os serviços possam ser usados por grupos radicais religiosos para disseminar propaganda terrorista, assim como para inibir extremistas europeus de divulgar mensagens de cunho xenófobo.

“A Comissão e as companhias de tecnologia reconhecem que espalhar discursos ilegais de ódio não só afeta negativamente os grupos ou indivíduos a que se dirigem como também impacta negativamente aqueles que pedem por liberdade, tolerância, não discriminação em nossa sociedade aberta e tem um efeito de congelamento do discurso democrático nas plataformas online”, informa a União Europeia.

Com o acordo, as empresas se comprometeram a incluir regras de comunidade que proíbam de maneira clara a promoção do ódio e a averiguar se publicações denunciadas infringem alguma lei.

 

 

Extraído do portal Comunique-se / São Paulo – SP
http://portal.comunique-se.com.br/tec-redes/81270-facebook-microsoft-google-e-twitter-se-unem-para-barrar-discurso-de-odio-na-rede-info

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *