Breaking News

Feira Afro-Étnica destaca oportunidades de negócios no continente africano

A FEAFRO 1 teve a participação de médios e grandes empresários brasileiros e gerou R$ 2,9 bilhões em negócios entre Brasil e África.   SÃO PAULO - A segunda edição da Feira Internacional Afro-Étnica de Comércio, Cultura e Arte (FEAFRO), que acontece entre os dias 21 e 23 de novembro, na Costa do Sauípe, na Bahia, espera movimentar financeiramente 90% a mais que a primeira edição, realizada em 2007. logo A feira  teve a participação de médios e grandes empresários brasileiros e gerou R$ 2,9 bilhões em negócios entre Brasil e África. “Os grandes destaques daquela edição foram os setores de construção civil e bioenergia. Mas outros importantes negócios foram fechados entre médias empresas africanas e brasileiras”, conta Silvana Saraiva, presidente da FEAFRO. Para esta edição, o foco será o microempreendedor. “Fechamos uma pareceria com o SEBRAE Nacional e com a FIEB para fomentar a troca entre as pequenas empresas brasileiras e africanas. A expectativa é de movimentar R$ 5,8 bilhões na FEAFRO2”, antecipa Saraiva. A relação comercial entre Brasil e África vem em constante ascensão, nos últimos dez anos cresceu cerca de 400%. “Por conta da forte influência que a África tem na cultura brasileira, essa relação comercial e qualquer outra relação entre Brasil e África acontece quase que naturalmente”, finaliza. Mais informações sobre o evento, acesse o link: http://www.feafro.com.br/   18/11/2013 - 14h54 | Atualizado em 18/11/2013 - 15h030   Fonte: http://www.dci.com.br/internacional/feira-afroetnica-destaca-oportunidades-de-negocios-no-continente-africano-id372866.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *