Breaking News

Festa de Iemanjá reunirá moradores e turistas em Caraguatatuba

São esperadas 45 tendas ou terreiros de todo o Litoral Paulista, interior de São Paulo e Sul de Minas

6 de dezembro de 2016 por Da Redação, com prefeitura de Caraguatatuba Sem Comentários

 

 

A festa acontece em volta da estátua da Rainha do Mar. (Foto: Divulgação/PMC)
A festa acontece em volta da estátua da Rainha do Mar. (Foto: Divulgação/PMC)

A tradicional Festa de Iemanjá, em Caraguá, deverá atrair milhares de pessoas para a Praia do Centro, neste fim de semana, dia 10/12.

A festa é realizada há 35 anos pela Associação de Umbanda e Candomblé de Caraguatatuba, em uma homenagem ao dia da Rainha do Mar, celebrado no dia 8 de dezembro.

São esperadas 45 tendas ou terreiros, vindos de todo o Litoral Paulista, interior de São Paulo e Sul de Minas. Os organizadores esperam atrair cerca de 10 mil pessoas, como nos outros anos. O evento acontece ao lado da Pista de Skate, a partir das 20h.

A festa que tem o apoio do Governo Municipal, por meio da Secretaria de Turismo, acontece em volta da estátua da Rainha do Mar, onde os fiéis personalizam pequenos barcos ou cestos que são oferecidos à Iemanjá. Os produtos mais depositados nas águas são flores, velas e perfumes, como agradecimento.

A estátua de Iemanjá foi reformada recentemente pelo artista plástico Julião Moura. O organizador, Guilherme Correa, disse que a estátua ficou muito bonita após a reforma.

“Como sempre, o evento conta com o apoio do prefeito Antonio Carlos e do vice, Antonio Carlos da Silva Junior, que não tem abstenção a qualquer religião. Por isso, deverá ser mais uma vez uma grande confraternização de grupos e terreiros vindos de diversas cidades”, comenta.

 

Extraído do portal R3 / Pindamonhangaba – SP
http://www.portalr3.com.br/2016/12/festa-de-iemanja-reunira-moradores-e-turistas-em-caraguatatuba/#.WEi8XufQfIU

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *