Breaking News

Filhos do Brasil: contra a intolerância religiosa

09.05.2016 – 18:49

 

Trabalhar de forma árdua contra todas as formas de intolerância, em especial contra aquelas vinculadas a questões de fé, garantindo a todos os brasileiros a liberdade de crença e de culto, independentemente de sua religião. É este o mote da campanha Filhos do Brasil, que será lançada na manhã desta terça-feira (10), no jardim do Palácio do Planalto. A ação é uma iniciativa do Ministério da Cultura (MinC) e da Fundação Cultural Palmares (FCP).

FDBVale destacar que o Brasil abriga inúmeras religiões e práticas religiosas e que Constituição reconhece o país como uma nação pluralista, constituída por uma população culturalmente diversa, resultante da ampla gama de valores, comportamentos e identidades – e que, na maioria das vezes, se acomodam harmoniosamente e convivem prezando pelo respeito mútuo.

A campanha, entretanto, vem em resposta às inúmeras manifestações de intolerância religiosa voltada sobretudo às religiões de matriz africana que, infelizmente, têm ocorrido em diversas partes do país. Em março deste ano, um terreiro de candomblé localizado em Valparaíso, Goiás, foi invadido e completamente depredado. No último mês, uma estátua de Oxalá, instalada na Praça dos Orixás, em Brasília, foi incendiada – o ataque foi repudiado por lideranças de religiões de matriz africana, que realizaram um ato em protesto às violências que têm sofrido. Estes são apenas alguns dos exemplos de ataques de ódio com motivação religiosa promovidos nos últimos meses pelo país.

Com o intuito de se discutir o tema, lideranças religiosas e artistas brasileiros se reuniram para a realização da campanha, que irá abordar a questão e ainda valorizar a diversidade religiosa, o respeito ao próximo e o convívio com a alteridade por meio de peças publicitárias que serão veiculadas na TV e na Internet. O cantor e compositor Arlindo Cruz será o embaixador da campanha.

O evento de lançamento contará com a presença do ministro da Cultura, Juca Ferreira, da presidenta da Fundação Cultural Palmares, Cida Abreu, de membros do Conselho Curador da Fundação Cultural Palmares, do Colegiado Setorial de Cultura Afro Brasileira, do Conselho Nacional de Política Cultural e do Grupo de Trabalho do Ponto de Cultura de Matriz Africana e de Cultura Afro-Brasileira, do músico Arlindo Cruz e de autoridades de diferentes matrizes religiosas.

A campanha será composta por várias peças, entre as quais um manifesto, que contará com inserções de 30″ na TV e de inserções de 2′ na Internet, e um conjunto de depoimentos que serão postados no hotsite da campanha. Por meio desse hotsite, cujo endereço será divulgado em breve, a população poderá enviar seus próprios vídeos em defesa da liberdade de crença e pela garantia dos direitos previstos na Constituição.

Vale destacar que, por se tratar de um projeto de mobilização e sensibilização e por se identificarem com a proposta, os líderes religiosos e artistas participantes cederam gratuitamente o direito de uso de imagem.

 

Cristiane Nascimento
Assessoria de  Comunicação
Ministério da Cultura

 

 

Extraído do portal do Ministério da Cultura / Brasília – DF
http://www.cultura.gov.br/noticias-destaques/-/asset_publisher/OiKX3xlR9iTn/content/id/1340239

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *