Breaking News

Flores para Iemanjá – Risqué

19/09/2016 06:00ANA LUÍSA (NALU)RISQUÉ

floresie1-300x491Vamos começar a semana jogando Flores para Iemanjá?

Pois é, dei uma olhada no que poderia usar e deu vontade do verdinho água.

Escolhi esse que estava na gaveta tem um tempinho e fui em frente!

É verde água, mas achei mais vibrante que o normal, digamos. É aquele tipo mais vivo, né? usei duas camadas porque dá uma leve manchada. Aliás, nem sei se chamo de “manchar”, porque era a fluidez que me atrapalhou um pouco.  Mas sem problema, na segunda camada tudo ficou legal.

floresie2-300x542

floresie3-624x392

Ainda me atrapalhei no acabamento, mas no geral ficou bom. É coisa de dia, talvez, às vezes conseguimos que fique tudo 100%, às vezes dá um certo trabalho. E outras, não tem jeito de prestar! 😛

floresie4-624x435floresie5-624x282floresie6-300x555

Tinha escolhi o Star, também da Risqué e o Brilho da Sereia, da Impala para passar por cima. Quando passei o Star acabei achando melhor deixar assim, mais delicado, e foi só ele.

floresie7-300x532

Tirei a foto assim, sem uma limpeza legal após o top coat, mas depois ajeitei isso. Só quis tentar mostrar o brilho mesmo!

Beijos,

Nalu

185SOBRE ANA LUÍSA (NALU)

Jornalista, educadora física, me considero uma grande consumista. Adoro comprar roupas, sapatos, cosméticos e é claro, esmaltes! Contato: nalujam@hotmail.com

 

Extraído do blog Esmaltes & Cia. do site do Jornal O Povo on line / Fortaleza – CE
http://blog.opovo.com.br/esmalteseetc/flores-para-iemanja-risque/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *