Breaking News

Homenagem à Iemanjá leva diversas pessoas a praias de Alagoas

 

08/12/2016 09:52

 

Arquivo – aquiacontece.com.br

 

Pontal do Peba recebeu devotos já nos primeiros raios de sol

Centenas de adeptos das religiões afro-brasileiras se reuniram nesta quinta-feira (8) em praias alagoanas. Tudo isso porque o dia é reservado a Nossa Senhora da Conceição, a Iemanjá.

Por volta das 4 horas da manhã, alguns ônibus saíram de Penedo com destino ao Pontal do Peba, em Piaçabuçu, levando grupos umbandistas e de candomblé, que com muita fé e devoção renderam homenagens a orixá que representa a “Rainha das Águas”.

Já nos primeiros raios de sol da manhã desta terça círculos já se formavam para dar início às festividades no Pontal de Coruripe. Durante a festa, a dança e a música simpatizantes do culto afro foram atraídos a participar.

Para os adeptos da Igreja Católica, o dia é de homenagens a Nossa Senhora da Conceição. Os católicos participam durante toda a semana de missas e hoje realizam procissões em homenagem a santa. Em Penedo, as igrejas realizarão celebrações especiais pela passagem da data.

Iemanjá

O nome Iemanjá significa a mãe dos filhos-peixe. Filha de Olokum, Iemanjá foi casada com Oduduá, com quem teve dez filhos orixás. Por amamentá-los, seus seios ficaram enormes.

Infeliz com o casamento e cansada de morar na cidade de Ifé, um dia ela saiu em rumo ao oeste e conheceu o rei Okerê, por quem se apaixonou. Envergonhada de seus seios, Iemanjá pediu ao novo esposo que nunca a ridicularizasse por isso. Ele concordou. Porém, um dia, embriagou-se e começou a ofender a esposa. Entristecida, Iemanjá fugiu.

Desde menina, ela carregava um pote com uma poção que o pai lhe dera para casos de perigo. Durante a fuga, Iemanjá caiu quebrando o pote e a poção a transformou num rio cujo leito seguia em direção ao mar. Okerê, que não queria perder a esposa, transformou-se numa montanha para barrar o curso das águas. Iemanjá pediu ajuda ao filho Xangô e este, com um raio, partiu a montanha no meio. O rio seguiu para o oceano e, dessa forma, a orixá tornou-se a rainha do mar.

por Redação

 

Extraído do site de notícias Aqui Acontece / Dom Constantino Penedo – AL
http://aquiacontece.com.br/noticia/2016/12/08/homenagem-a-iemanja-leva-diversas-pessoas-a-praias-de-alagoas

About The Author