Breaking News

Igreja evangélica pagará indenização a terreiro de candomblé por intolerância religiosa

 

Brasil e MundoBrasilA-A+09/10/2015Foto(s): Arquivo pessoal

 

 

(Foto: Arquivo Pessoal)
(Foto: Arquivo Pessoal)

Uma igreja evangélica em Camaçari, na Bahia, pagará indenização por danos morais a um terreiro de candomblé. A liminar foi conseguida por meio da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA), na quarta-feira, dia 7, conforme informações do site iBahia.

Inaugurada há cerca de 1 ano, a igreja evangélica Casa de Oração Ministério de Cristo, fica localizada em frente ao Terreiro Oyá Denã, que era comandado há 45 anos pela ialorixá Mildreles Dias Ferreira. A liminar esclarece que desde sua inauguração, a igreja evangélica praticava atos de intolerância religiosa contra o terreiro. No dia 1º de junho, a ialorixá, de 90 anos, acabou sofrendo um infarto em decorrência da conduta dos frequentadores da igreja e veio a falecer.

O coordenador de Entidades Negras (CEN), Marcos Rezende explica que os evangélicos fizeram uma vigília em frente ao terreiro e gritavam ofensas como “afasta o demônio” e “limpa esse território do satanás e das forças malignas”.

Aproximadamente 15 dias antes, a iyalorixá fez um boletim de ocorrência sobre a conduta de intolerância da igreja evangélica. Cada um dos réus do processo pagará à partir de R$ 2 mil de multa, caso pratiquem intolerância religiosa e a igreja deve colocar um revestimento acústico em sua sede no prazo de 30 dias. Caso não cumpra com a determinação pagará uma multa diária de R$ 5 mil.

 

Extraído do site de notícias GCN / Franca – SP
http://gcn.net.br/noticia/299748/brasil-e-mundo/2015/10/igreja-evangelica-pagara-indenizacao-a-terreiro-de-candomble-por-intolerancia-religiosa