Breaking News

Intolerância evangélica tenta impedir Carnaval em praça

Evangélicos de Santarém (PA) estão dando um exemplo de até onde a intolerância religiosa pode chegar.

 

TERÇA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2017

 

Pastores tiveram uma reunião com o prefeito para pressioná-lo
Pastores tiveram uma reunião com o prefeito para pressioná-lo

Eles não querem que o Carnaval seja realizado em um espaço público porque, argumentam, trata-se de um lugar onde ocorrem eventos religiosos.

O Consepas (Conselho de Pastores Evangélicos de Santarém) chama o local de Praça da Bíblia, embora o nome oficial não seja esse,

O conselho está tentando convencer o prefeito Nélio Aguiar (DEM ), que este ano mudou o Carnaval para o local de modo a economizar R$ 60.000,00

Os evangélicos, contudo, não estão preocupados com as contas públicas. Prepotentes, só querem saber de impor a sua religião a todos

O pastor Jean Carlo disse que o local foi “conquistado com muita oração”, como se o dinheiro para obras caísse do céu e não fosse do pagamento de impostos dos cidadãos de todas as religiões e de descrentes.

Com informação da imprensa da região e foto de divulgação.

Com informação das agências.

 

Extraído do blog do Jornalista Paulo Lopes
http://www.paulopes.com.br/2017/01/intolerancia-evangelica-tenta-impedir-carnaval-em-praca.html#.WHmYMi_QfIU

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *