Breaking News

Jovem de 15 anos é achado morto e polícia acredita em ritual de magia

Menino foi encontrado esfaqueado e queimado em Guarujá, SP.

Suspeito é um amigo da família que teria se apaixonado pelo menor.

Do G1 Santos
01/02/2014 17h30 – Atualizado em 01/02/2014 17h30

Um jovem de 15 anos foi esfaqueado e queimado perto de uma cachoeira, em Guarujá, no litoral de São Paulo. A família e a polícia suspeitam que o garoto tenha sido usado em um ritual de magia negra. Segundo a polícia, o principal suspeito de ter cometido o crime é um amigo da família que teria se apaixonado pelo garoto.

Matheus Ramos dos Santos morava no Perequê com a mãe e os irmãos. Na última segunda-feira (27), ele passou o dia na casa da namorada e, durante a noite, se encontrou com um amigo da família, de 47 anos. O garoto não voltou para casa e o corpo foi encontrado na terça-feira (28), no final da Rua Amazonas, perto de uma cachoeira.

O jovem foi esfaqueado na cabeça e no rosto, além de ter os olhos queimados com cera de vela. Segundo a família, Matheus foi vítima de um ritual de magia negra feito por esse amigo. O cunhado do jovem, o carpinteiro Sérgio Almeida Oliveira, de 40 anos, diz que os dois eram muito próximos, mas brigavam muito porque o rapaz não gostava da namorada de Matheus. “Ele é homossexual. Ele queria ter um caso com o Matheus, mas o menino não queria. O Matheus arranjou uma namorada e o assassino sempre xingava ela”, conta Oliveira.

O cunhado do jovem chegou a ir até o local onde o corpo de Matheus foi encontrado. “Eu fui lá e pensei que ele tinha caído da cachoeira. O assassino deitou o corpo e deixou toda a cena do crime arrumada”, lembra. De acordo com familiares, Matheus era um jovem tímido e que não costumava falar de sua vida para qualquer pessoa. Nos últimos dias, ele disse para o irmão que tinha discutido com o suspeito e que o homem teria o ameaçado.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Sede de Guarujá. A polícia confirma a informação de que um amigo da família é o principal suspeito do assassinato, mas ressalta que ele ainda não foi ouvido porque está foragido desde o dia da morte do garoto.

Extraído do Portal de Notícias G1/Globo.com

http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2014/02/jovem-de-15-anos-e-achado-morto-e-policia-acredita-em-ritual-de-magia.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *